Sábado, 23 Fevereiro 2019 | Login
DIÁRIO DA COPA: Brasil joga mal e só empata com a Suíça

DIÁRIO DA COPA: Brasil joga mal e só empata com a Suíça Featured

Neste sábado, houve mais dois jogos pela Copa da Rússia: a Alemanha perdeu para o México por 1 a 0: e a Sérvia, do grupo do Brasil, estreou com vitória sobre a Costa Rica por 1 a 0
 
Com atuações apagadas de Neymar e Gabriel Jesus e também prejudicada por erros da arbitragem, a Seleção Brasileira não passou de um empate com a Suíça por 1 a 1, na estreia da Copa do Mundo, na Rússia. O jogo, válido pelo Grupo E, foi realizado na Arena Rostov, na cidade do mesmo nome. Desde a copa da Argentina em 1978, o Brasil não estreava com vitória em Mundiais. Em 1978, os brasileiras empataram com a Suécia por 1 a 1.
 
Brasil e Suíça Coutinho
Apesar do golaço de Philippe Coutinho, o Brasil não conseguiu vencer outras vezes a fechada defesa suíza. Desde os primeiros minutos, os suíços, como sempre, jogaram dando prioridade ao jogo defensivo. A primeira grande chance brasileiro aconteceu somente aos 11', quando Philippe Coutinho lançou para Neymar na esquerda. O meia-atacante cruzou para o volante Paulinho que chutou forte sobre o gol de Sommer.
 
Gols e erros do árbitro
Ao 20 minutos do primeiro, na primeira finalização certa do Brasil, Philippe Coutinho recebeu a bola, driblou o adversário e chutou forte no ângulo do goleiro Sommer. Foi um golaço do Brasil e, com certeza, um dos mais belos deste inídio de Copa.
Com o Gol, a Suíça foi mais para o ataque, tentando marcar mais de perto a saída de bola do Brasil.
No segundo tempo, a mudança tática da Suíça deu resultado. Logo aos 5 minutos, em cobrança de escanteio, o meia Zuber coseguiu cabecear liver na área e empatou a partida. Antes de cabecear, no entanto, o suíçou empurrou o bom zagueira Miranda.
Os brasileiros reclamaram do empurrão, porém, o juiz mexicano Cesar Ramos não pediu a a assistência do VAR, o árbitro de vídeo. Em outro lance, Gabriel Jesus foi agarrado e derrubado dentro da área, mas, o juiz não marcou a falta que seria pênalti.
Assim, além dos erros do juiz mexicano, os dois principais atacantes brasileiros - Neymar e Gabriel Jesus - não estavam numa tarde inspirada. A única novidade que Neymar demonstrou na estreia da Copa foi um novo penteado. O craque brasileiro apareceu com um topete loiro que acabou não lhe trazendo sorte no primeiro jogo no Mundial da Rússia.
Próximos jogos
Na próxima rodada do Grupo E, o Brasil vai enfrentar a Costa Rica. O jogo será na sexta-feira, 22/06, em São Petersburgo. Já a Suíça enfrentará a Sérvia. O jogo também será na próxima sexta, em Kaliningrado.
 
Outros jogos deste sábado
Alemanha perde do México
Alemanha e México
Além do empate do Brasil com a Suíça, outras grande surpresa deste sábado na Copa da Rússia, foi a derrota dos alemães, os atuais campeões do mundo, que perderam do México por 1 a 0. O gol mexicano foi marcado por Lozano, aos 34 minutos do primeiro tempo. Com a vantagem no placar, os mexicanos se defenderam com eficiência durante o restante do jogo. Durante toda a partida, Alemanha dominou e jogou, praticamente, no campo ddo México, mas, não conseguiu superar o goleiro Uchoa. Com a vitória, o México lidera o Grupo F com 3 pontos. E pasmem! A Alemanha é a lanterna, com uma derrota e nenhum ponto ganho. Os times do Grupo F jogarão com as seleções do Grupo E, o grupo do Brasil, nas oitavas de final. O primeiro colocado de um grupo jogará com o segundo do outro grupo.
Sérvia vence Costa Rica
Sérvia e Costa Rica
Na primeira partida pelo Grupo E, a Sérvia venceu a Costa Rica por 1 a 0. O goleiro Navas, da Costa Rica, que joga no Real Madrid, foi o destaque do time da América Central. Pelo lada da Sérvia, o atacante Mitrovic e o autor do gol, Kolarov, foram os destaques. Com a vitória, a Sérvia lidera o Grupo E com três pontos. Brasil e Suiça vêm a seguir, e a Costa Rica ocupa o último lugar.
Na próxima rodada do Gruo E, jogarão Brasil e Costa Rica, enquanto a Sévia enfrentará a Suíça.
 
VEJA, AQUI, A CAMINHADA DO BRASIL:
No sorteio, o Brasil caiu no Grupo E e enfrentará as seleções da Suíça, Costa Rica e Sérvia na primeira fase:
17 de junho (domingo) - BRASIL x SUÍÇA - 15h
22 de junho (sexta-feira) - BRASIL x COSTA RICA - 9h
27 de junho (quarta-feira) - BRASIL x SÉRVIA - 15h
Se passar como 1º do Grupo E:
2 de julho (segunda-feira) - OITAVAS DE FINAL - 11h
6 de julho (sexta-feira) - QUARTAS DE FINAL - 15h
10 de julho (terça-feira) - SEMIFINAL - 15h
15 de julho (domingo) - FINAL - 12h
Se passar como 2º do Grupo E:
3 de julho (terça-feira) - OITAVAS DE FINAL - 11h
7 de julho (sábado) - QUARTAS DE FINAL - 11h
11 de julho (quarta-feira) - SEMIFINAL - 15h
15 de julho (domingo) - FINAL - 12h
Caso a Seleção Brasileira perca na semifinal, ela disputará o 3º lugar no dia 14 de julho, sábado, às 11h.
PLACAR DA COPA:
Rússia 5 X 0 Arábia Saudita
Uruguai 1 X 0 Egito
Irã 1 X 0 Marrocos
Argentina 1 X 1 Islândia
França 2 X 1 Austrália
Dinamarca 1 X 0 Peru
Croácia 2 X 0 Nigéria
Sérvia 1 X 0 Costa Rica
México 1 X 0 Alemanha
Brasil 1 X 1 Suíça
 
Tabela da Copa - Fase de classificação
 

GRUPO A

CLASSIFICAÇÃO

 

1

 

Rússia

0 
2 Uruguai 0 
3 Egito 0 
4 Arábia Saudita 0 
PJVEDGPGCSG% 

3

1 1 0 0 5 0 5 100.0  
3 1 1 0 0 1 0 1 100.0  
0 1 0 0 1 0 1 -1 0.0  
0 1 0 0 1 0 5 -5 0.0  

GRUPO B

CLASSIFICAÇÃO

 

1

 

Irã

0 
2 Espanha 0 
2 Portugal 0 
4 Marrocos 0 
PJVEDGPGCSG% 
3 1 1 0 0 1 0 1 100.0  
1 1 0 1 0 3 3 0 33.3  
1 1 0 1 0 3 3 0 33.3  
0 1 0 0 1 0 1 -1 0.0  

GRUPO C

CLASSIFICAÇÃO

 

1

 

França

0 
2 Dinamarca 0 
3 Peru 0 
4 Austrália 0 
PJVEDGPGCSG%ÚLT. JOGOS
3 1 1 0 0 2 1 +1 100.0  
3 1 1 0 0 1 0 +1 100.0  
0 1 0 0 1 0 1 -1 0.0  
0 1 0 0 1 1 2 -1 0.0  

GRUPO D

CLASSIFICAÇÃO

 

1

 

Croácia

0 
1 Argentina 0 
1 Islândia 0 
1 Nigéria 0 
PJVEDGPGCSG%ÚLT. JOGOS
3 1 1 0 0 2 0 +2 100.0  
1 1 0 1 0 1 1 0 33.3  
1 1 0 1 0 1 1 0 33.3  
0 1 0 0 1 0 2 -2 0.0  

GRUPO E

CLASSIFICAÇÃO

 

1

 

Croácia

0 
2 Brasil 0 
3 Suíça 0 
1 Costa Rica 0 
PJVEDGPGCSG%ÚLT. JOGOS
3 1 1 0 0 1   +1 100.0  
1 1 0 1 0 1 1 0 33.3  
1 1 0 1 0 1 1 0 33.3  
0 1 0 0 1 0 1 -1 0.0  

GRUPO F

CLASSIFICAÇÃO

 

1

 

México

0 
2 Coreia do Sul 0 
3 Suécia 0 
4 Alemanha 0 
PJVEDGPGCSG%ÚLT. JOGOS
3 1 1 0 0 1 0 +1 100.0  
0 0 0 0 0 0 0 0 0.0  
0 0 0 0 0 0 0 0 0.0  
0 1 0 0 1 0 1 -1 0.0  

GRUPO G

CLASSIFICAÇÃO

1

Bélgica

0 
1 Inglaterra 0 
1 Panamá 0 
1 Tunísia 0 
PJVEDGPGCSG%ÚLT. JOGOS
0 0 0 0 0 0 0 0 0.0  
0 0 0 0 0 0 0 0 0.0  
0 0 0 0 0 0 0 0 0.0  
0 0 0 0 0 0 0 0 0.0  

GRUPO H

CLASSIFICAÇÃO

1

Colômbia

0 
1 Japão 0 
1 Polônia 0 
1 Senegal 0 
PJVEDGPGCSG%ÚLT. JOGOS
0 0 0 0 0 0 0 0 0.0  
0 0 0 0 0 0 0 0 0.0  
0 0 0 0 0 0 0 0 0.0  
0 0 0 0 0 0 0 0 0.0  
000

About Author

Related items

  • ATLETISMO: Equipe da Seleção Brasileira terá representante osasquense

     

    A atleta osasquense Bianca Vitória, do Atletismo, foi convocada para integrar a Seleção Brasileira sub-20 e disputará a prova à distância de 6 km de Cross Country, neste sábado, 23/2, na Copa Sul-Americano de Cross Country.
    A prova consiste em uma corrida ao ar livre em terreno acidentado com vários obstáculos naturais como subidas e descidas, além de troncos de árvores, terra batida, pequenos riachos e grama. 
    Em setembro de 2017, a atleta também foi convocada e participou, em Santiago do Chile, da prova de 4 km. 
    “É muito gratificante representar nosso país pela segunda vez. Uma honra! Esse é o resultado de muito treino e dedicação. Estou preparada para fazer o meu melhor e trazer um ótimo resultado. Agradeço a todos pela torcida e a equipe de Osasco por me acolher”, comentou Bianca Vitória. 
    “Fico impressionado com a dedicação e empenho dos atletas de tão pouca idade. Parabéns à nossa atleta e aos treinadores”, disse Carmônio Bastos, secretário de Esporte. (Giane Vieira - Foto: Wagner do Carmo/ Oficial CBAt)

  • COPINHA 2019: São Paulo e Vasco decidem o título na sexta-feira
    Nas semifinais, o Tricolor goleou o Guarani, enquanto o Vasco da Gama derrotou o Corinthians nos pênaltis.
     
    Nesta terça-feira, 22/01, São Paulo e Vasco venceram seus compromissos nas semifinais e agora vão disputar o título da principal competição sub 20 do país. O Tricolor vai atrás do seu quarto título. A final será realizada no Pacaembu, às 15h30 de sexta-feira, 25, dia do aniversário da cidade de São Paulo.
    Jogando na Fonte Luminosa, em Araraquara, o São Paulo não teve dificuldades para vencer o Guarani por 5 a 2, pela semifinal da 50ª Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com a vitória, o Tricolor vai para a final da competição pela 11ª vez em sua história.
    O clube paulista tem três títulos no torneio (1993, 2000 e 2010) e sete vices (1981, 1992, 1994, 2001, 2004, 2007 e 2018). A goleada tricolor foi construída com gols marcados por Antony (2), Fabinho (2) e Vitinho. Lucas Prado e Davó fizeram os gols da equipe de Campinas.
    Vasco
    Vasco
    Os meninos do Vasco não se impressionaram com o grande apoio da torcida corintiana na Arena Barueri
     
    Já na Arena Barueri, Corinthians e Vasco da Gama fizeram uma partida movimentadíssima que terminou com a vitória dos cariocas na decisão por pênaltis. Os meninos do Vasco não se impressionaram com o grande apoio da torcida corintiana e abriram o placar logo aos nove minutos com Tiago Reis. O Corinthians não havia ainda nem conseguido assimilar o gol, quando sofreu o segundo golpe. Aos 17 minutos, o zagueiro Mirana fez 2 a 0 para o Vasco.
    Na segunda etapa, os vascaínos perderam a chance de liquidar o resultado com um pênalti desperdiçado logo aos sete minutos. Assim, o Timãozinho acordou e em empatou a partida com dois gols do centroavante Nathan. Na decisão por pênaltis, o Vasco errou apenas uma cobrança, contra dois erros dos paulistas e venceu por 4 a 3. (Renato Ferreira)

     
  • COPA DO BRASIL: Cruzeiro vence o primeiro jogo da final contra o Corínthians
    Jogando na noite desta quarta-feira, 10/10, no Mineirão, o Cruzeiro levou a melhor sobre o Corinthians na partida de ida da final da Copa do Brasil 2018. O time comandado por Mano Menezes foi superior e venceu o alvinegro paulista por 1 a 0. O grande destaque da partida foi o meia Thiago Neves, que marcou o gol da vitória celeste e fez Cássio trabalhar bastante no duelo.
    O Corinthians, por sua vez, se limitou a oferecer a bola para o adversário, se fechar e ficar à espera de um contra-ataque. Mas, diferente do que aconteceu nos demais jogos da competição de mata-mata, o Cruzeiro não ofereceu essas oportunidades. Tanto que Fábio não fez nenhuma grande defesa nos primeiros 90 minutos da decisão. O Mineirão ficou todo azul e recebeu mais de 53 mil torcedores que fizeram uma grande festa antes, durante e depois da vitória cruzeirense.
    As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima semana. O Timão recebe a Raposa na Arena Corinthians, quarta-feira (17), às 21h45min. Com a derrota por 1 a 0, os comandados de Jair Ventura vão precisar devolver o placar para levar a disputa do título aos pênaltis, ou por dois gols de diferença para levantar a taça no tempo normal. O empate é do Cruzeiro.
    O jogo
    Empurrado pela torcida, o Cruzeiro tomou a iniciativa da partida. Com mais posse de bola, o time da casa tentou furar a forte marcação corintiana desde os primeiros minutos. Mas, teve dificuldade, tanto que a primeira oportunidade de gol surgiu apenas aos 18 minutos, com Thiago Neves, que bateu da entrada da área para a defesa de Cássio.
    O camisa 30 celeste era o jogador que mais levava perigo a meta alvinegra. Movimentando bastante, em busca de espaço, ele voltou a assustar Cássio aos 34, quando bateu novamente da entrada da área, mandando a bola na trave. O lance serviu para acordar o time do Cruzeiro, que passou a chegar com maior frequência.
    Aos 39, Thiago Neves cobrou falta na cabeça de Léo, que parou na grande defesa de Cássio, que vinha se destacando na partida. No entanto, aos 45, o goleiro alvinegro não conseguiu evitar o gol cruzeirense. Após bela jogada de Egídio, o lateral levantou na área e Thiago Neves aproveitou a falha de marcação para cabecear e abrir o placar.
    Os minutos iniciais do segundo tempo foram parecidos com o final da primeira etapa. Corinthians fechado e Cruzeiro com a bola, em busca de espaço e do segundo gol na partida. Mas, aos poucos a intensidade celeste diminuiu, e o time recuou, deixando os visitantes saírem para o jogo, aguardando o momento certo para contra-atacar.
    Porém, o Corinthians não conseguia finalizar, devido à falta de um centroavante e a pouca movimentação dos jogadores de frente. E o Cruzeiro, mesmo sem se expor como nos minutos iniciais do segundo tempo, chegava ao gol de Cássio. Aos 19, Robinho buscou Barcos na área e o argentino cabeceou com perigo, assuntando o goleiro alvinegro.
    O lance fez com que Jair Ventura promovesse mudanças em sua equipe, para corrigir o problema no setor de criação. Clayson deu lugar a Pedrinho e Mateus Vital foi substituído por Araos. Só que a entrada da dupla também não deu resultado. O Cruzeiro seguiu no controle do jogo, com uma postura bem segura em campo, mantendo a vantagem no marcador. (Fonte: Conteúdo Jovem Pan)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.