Domingo, 15 Setembro 2019 | Login
BRASILEIRÃO 2019  Começa o maior e mais equilibrado campeonato de futebol do mundo

BRASILEIRÃO 2019 Começa o maior e mais equilibrado campeonato de futebol do mundo Featured

Até dezembro, as 20 maiores equipes do Brasil estarão correndo atrás do cobiçado troféu do mais imprevisível torneio de futebol do planeta. E na primeira rodada, que termina hoje, São Paulo, Atlético Mineiro, Flamengo e Santos largaram com vitória.

 

Pode ser que outros campeonatos nacionais como o italiano, inglês, alemão e até o francês chamem mais atenção de torcedores estrangeiros devido ao poderio econômico que os possibilita formar excelentes equipes com craques do mundo inteiro e também por inteligentes e agressivas políticas de marketing mundial. Mas, com certeza, nenhum desses campeonatos é tão extenso e disputado como o nosso Brasileirão.

Com raríssimas exceções, nesses países citados, quando se inicia o certame qualquer criança tem condições de citar e acertar as três ou, no máximo, quatro equipes que lutarão de fato pelo título. Já aqui no Brasil, todos os anos, no mínimo, 12 equipes, como Palmeiras (o atual campeão), Corinthians, São Paulo, Santos, Flamengo, Fluminense, Botafogo, Vasco, Cruzeiro, Atlético, Grêmio e Internacional iniciam o campeonato com chances reais de conquistar o caneco. Isto sem falar que equipes do Paraná, Bahia e Pernambuco também de vez em quando entram com condições de disputar o título.

Início do sonho

Brasileirão início

Assim, esse disputado e imprevisível Brasileirão começou neste sábado, 27 de abril e vai até o mês de dezembro, com 20 clubes disputando o título no sistema de pontos corridos. Isso significa que a cada rodada, com muitos clássicos nacionais, os 11 jogadores de cada time estarão disputando a bola palmo a palmo no gramado.

Até porque num torneio de pontos corridos qualquer ponto perdido, principalmente, dentro de casa pode significar no final a perda do título, a não classificação para torneios do Continente, como as Copas Libertadores e Sulamericana, ou também o rebaixamento para a Série B.

Neste ano, a Série A do Brasileirão é formada por equipes das regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste, com times do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco e Ceará. 
Outras equipes destas regiões e também da região Norte formam as Séries B, que teve início também neste final de semana, C e D, que começarão a ser disputadas nos próximos meses.

Primeira rodada

Tricolor, Galo, Flamengo e Peixe vencem na estreia

São Paulo 2 x 0 Botafogo

São Paulo estreia com vitória

E o Brasileirão 2019 foi iniciado logo com um clássico nacional: São Paulo e Botafogo, no Morumbi, onde o Tricolor, vice-campeão paulista, venceu por 2 a 1, com as estreias de suas novas estrelas, como Alexandre Pato, Tchê Tchê e Vitor Bueno. Os gols do São Paulo foram marcados por Everton e Hudson. Aos 29 minutos do primeiro tempo, Pato cabeceou para as redes, mas, ele estava impedido e o gol foi anulado.

Galo 2 x 1 Avaí

Atlético venceo o Avaí

Também no sábado, no estádio Independência, em Belo Horizonte, o Atlético Mineiro interrompeu uma série de resultados ruins, como no Campeonato Mineiro, onde perdeu a final para o Cruzeiro, e também na Libertadores, onde foi desclassificado na primeira fase. Com gols de Fábio Santos (de pênalti) e do atacante Ricardo Oliveira, o Galo venceu o Avaí por 2 a 1. O gol catarinense foi marcado por Brizuela.

Flamengo 3 X 1 Cruzeiro

Flamengo vence o Cruzeiro

Ainda no sábado, aconteceu o duelo entre os campeões carioca, Flamengo, e mineiro, Cruzeiro, no Maracanã. E os cariocas levaram a melhor vencendo os mineiros por 3 a 1. Foi um grande jogo, digno desses dois grandes times que, certamente, estarão brigando pelo título. E o placar final não reflete o equilíbrio da partida, onde o Cruzeiro saiu na frente com um gol de Pedro Rocha. No entanto, com dois gols de Bruno Henrique, destaque do jogo, e do Gabigol, o Flamengo virou o jogo para conquistar uma grande vitória na estreia do Brasileirão.

Grêmio 1 X 2 Santos

Santos vence o Grêmio

De todos os times que venceram na primeira rodada, a mais importante, já que foi fora de casa, foi a vitória do Santos que venceu o Grêmio por 2 a 1, em plena Arena do Grêmio. Foi outra partida que, talvez, o empate por 2 a 2 ou até mais, refletisse melhor o grande jogo realizado por gremistas e santistas. Os gols do time da Vila foram marcados por Sasha e Felipe Jonatan. Aos 44 minutos do primeiro tempo, André marcou de cabeça, mas, o árbitro do VAR anulou o gol assinalando impedimento no início da jogada. Já aos 47 minutos do segundo tempo, Everton fez o gol do Grêmio.

Gaúchos decepcionam

Chape vence o Inter

Os dois times gaúchos foram derrotados na primeira rodada do Brasileirão. Além do Grêmio, que perdeu em casa para o Santos, o Internacional também foi derrotado na estreia.

Jogando em Chapecó, sábado à noite, o Colorado perdeu para a Chapecoense por 2 a 0. Os dois gols da Chape foram marcados pelo atacante Everaldo que, assim, já surge como artilheiro da competição da competição nacional, ao lado de Bruno Henrique, do Flamengo, com dois gols.

A primeira rodada será completada na tarde deste domingo com mais cinco jogos. Às 16h, em Salavador, o Bahia recebe o Corinthians, campeão paulista; em Fortaleza, o Ceará enfrenta o CSA; no Rio, o Fluminense jogará contra o Goiás; em Curitiba, o Athlético enfrentará o Vasco da Gama; e às 19h, no Alianz Parque, o atual campeão, Palmeiras, vai jogar contra o Fortaleza, campeão da Série e do Cearense, que faz excelente temporada sob o comando do ex-goleiro Rogério Ceni. (Renato Ferreira)

Confira a primeira rodada do Brasileirão:

São Paulo 2 x 0 Botafogo

Atlético 2 x 1 Avaí

Flamengo 3 x 1 Cruzeiro

Chapecoense 2 x 2 Internacional

Grêmio 0 x 2 Santos

Ceará x CSA
Palmeiras x Fortaleza
Fluminense x Goiás
Bahia x Corinthians
Athlético-PR x Vasco da Gama

000

About Author

Related items

  • CORRUPÇÃO: Lava-Jato em São Paulo denuncia Lula, seu irmão, Frei Chico e executivos da Odebrecht
    Empresa teria pago mesada a Frei Chico entre 2003 e 2015 para garantir boa relação com o governo federal
     
    Nesta segunda-feira, 09/09, a Lava Jato em São Paulo denunciou mais uma vez o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por corrução. Foram denunciados também o irmão de Lula, Frei Chico, e executivos da empreiteira Odebrecht. Segundo o advogado do petista, Cristiano Zanin Martins, "a denúncia de hoje contra Lula repete as mesmas e descabidas acusações já apresentadas em outras ações penais".
     
    Segundo a Polícia Federal, o ex-presidente Lula e seu irmão, Frei Chico, foram denunciados por corrupção passiva continuada. Já os donos da Odebrecht, Emilio e Marcelo Odebrecht, e o ex-diretor da empresa Alexandrino de Salles Ramos Alencar foram denunciados por corrupção ativa continuada. Segundo o Ministério Público Federal, "entre 2003 e 2015, Frei Chico, sindicalista com carreira no setor do petróleo, recebeu R$ 1.131.333,12, por meio de pagamento de 'mesada' que variou de R$ 3 mil a R$ 5 mil e que era parte de um 'pacote' de vantagens indevidas oferecidas a Lula, em troca de benefícios diversos obtidos pela Odebrecht junto ao governo federal".
     
    Ainda segundo o MPF em São Paulo, Frei Chico, que, assim como Lula, atuava como sindicalista na década de 90, assumiu o cargo de consultor da empresa com a intenção de facilitar a relação da Odebrecht com os sindicatos.  A indicação teria sido feita por Lula quando ele ainda não ocupava o posto de presidente. A partir de 2002, com a eleição do petista, Frei Chico teria sido desligado da empresa, mas passou a receber a mesada de forma oculta, via departamento de propina que a empresa criou. “Os pagamentos começaram em janeiro de 2003, no valor de R$ 3 mil; em junho de 2007, passaram a ser entregues R$ 15 mil a cada três meses (R$ 5 mil/mês), entregas que cessaram somente em meados de 2015, com a prisão de Alexandrino pela Lava-Jato”, informou o MPF.
     
    De acordo com a denúncia, os pagamentos a Frei Chico eram feitos em razão do cargo de Presidente da República, então ocupado por Lula e, assim como outras vantagens por ele recebidas, visavam à obtenção, pela empresa, de benefícios com o governo federal. Ainda de acordo com a denúncia, nos depoimentos, Frei Chico alegou que durante o período os valores que foram pagos eram referentes a serviços de consultoria, porém, segundo o MPF, ele não apresentou documentos que comprovassem os trabalhos. Se condenados, a pena para os crimes pode variar de 2 anos a 20 anos de prisão, considerando a modalidade continuada. No entendimento da força-tarefa, por ter ocorrido por tantos anos os crimes podem ser imputados com o agravante.
    Incentivador de Lula
    Na nota em que informou a denúncia, o MPF fez uma espécie de perfil de Frei Chico e como a relação dele com a empresa começou. “Sindicalista militante, Frei Chico - que teria sido quem levou Lula ao sindicalismo - iniciou uma relação com a Odebrecht ainda nos anos 90. No início daquela década, estava em curso o Programa Nacional de Desestatização, que sofreu forte resistência dos trabalhadores do setor. Ao todo, 27 químicas e petroquímicas estatais federais foram vendidas”, afirma a Procuradoria. A Procuradoria afirma que “como a Odebrecht participava do setor e vinha tendo problemas com sindicatos, o então presidente da companhia, Emilio Odebrecht, buscou uma aproximação com Lula, e este sugeriu, então, que contratasse Frei Chico como consultor para intermediar um diálogo entre a Odebrecht e os trabalhadores”.
    Defesa
    O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou nesta segunda-feira, 9, em nota, que "a denúncia oferecida hoje em São Paulo pelos procuradores da Lava Jato contra Lula repete as mesmas e descabidas acusações já apresentadas em outras ações penais". (Fonte: Estado de Minas)
  • SAÚDE: Prefeito de São Paulo sanciona lei que proíbe fumar em parques públicos
    Quem for pego em flagrante fumando nos parques estará sujeito a uma multa de R$ 500. Excelente lei que deveria pegar em todo Brasil.
     
    Nesta sexta-feira, 30/08, o prefeito Bruno Covas sancionou lei - aprovada pela Câmara Municipal de São Paulo - que proíbe fumar nos parques públicos municipais da cidade. A lei passa a valer em 60 dias e não será permitido o consumo de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos, narguilés, vape ou qualquer produto fumígeno, derivado ou não do tabaco.
    Quem for pego em flagrante fumando nos parques estará sujeito a uma multa de R$ 500, aplicada em dobro na reincidência.
     
    Bruno Covas
    Bruno Covas, Prefeito de São Paulo
    “Não combina o uso do cigarro com um espaço em que se quer preservar a natureza, conviver com a família, praticar esportes. Enfim, não tem nenhuma relação o uso do fumo em espaços como esse. Portanto, sancionei a lei, fico muito feliz de poder ter sancionado essa iniciativa e vamos agora conscientizar a população da importância desta lei", disse o prefeito Bruno Covas.
    Os parques receberão placas com o aviso da proibição e valor da multa. A expectativa do prefeito é que, em 60 dias, as placas já estejam colocadas e esteja finalizada a discussão com os conselhos gestores dos parques, formado por integrantes da população, que serão os responsáveis pela definição das áreas destinadas aos fumantes.
    Segundo Covas, a fiscalização será feita pelos agentes da Secretaria do Verde e Meio Ambiente, com o apoio da Guarda Civil Municipal – GCM.
    Como será
    Prefeitura de São Paulo proibe furmar nos parques
    A multa será aplicada por meio da identificação com documento de identidade, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e endereço para onde será enviado um boleto. Haverá ainda um canal para os frequentadores denunciarem os infratores.
    "A GCM vai ajudar os fiscais da Secretaria do Verde e Meio Ambiente. Quem aplicará a multa será o fiscal, o GCM ajuda a dar segurança, porque muitas vezes os fiscais ficam inibidos porque sofrem ameaças", explicou o prefeito.
    Para ele, não haverá problemas na aceitação da lei, porque a questão é cultural, e deve ser incorporada pela população assim como ocorreu com a lei que proíbe o fumo em restaurantes e bares.
    “Quando foi aprovada a lei que proíbe fumar em restaurantes em São Paulo a preocupação era com a fiscalização. Hoje, nós não temos nenhuma multa aplicada em bares e restaurantes e ninguém fuma nesses locais. Já virou uma questão cultural. Muito mais do que punir as pessoas, é uma questão de conscientização”, finalizou o prefeito. (Informações da Agência Brasil)
  • SAÚDE: Estados recebem doses extras da vacina contra sarampo
    O estado de São Paulo, que concentra 99% dos casos e registra uma morte pela doença este ano, recebeu o maior número de doses (56%).
     
    As secretarias de Saúde de todos os estados começaram a receber esta semana as doses extras da vacina tríplice viral, para garantir a imunização extra contra o sarampo em todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias. De acordo com o Ministério da Saúde, 1,6 milhão de doses estão sendo distribuídas.
    Desse total, 960 mil e 907 doses foram enviadas para os 13 estados que estão em situação de surto ativo de sarampo. O estado de São Paulo, que concentra 99% dos casos e registra uma morte pela doença este ano, recebeu o maior número de doses (56%).
    “A vítima foi um homem de 42 anos, que não tinha recebido nenhuma dose da vacina ao longo da vida, e tinha histórico de comorbidade, ou seja, com um quadro de várias doenças. Nessa faixa etária, a pessoa deve ter pelo menos uma dose da vacina”, informou o ministério.
    O secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, disse que o ministério trabalha para erradicar a doença e recuperar o certificado de eliminação do sarampo no Brasil. “Para isso, a pasta tem atuado de forma integrada com os estados e municípios, para intensificar as ações de cobertura vacinal na rotina, além das vacinações de reforço nas crianças, que é a faixa etária com maior risco para complicação em decorrência da doença, e de bloqueio”, disse.
    A vacina tríplice viral está disponível nos mais de 36 mil postos de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Brasil. Ela previne também contra rubéola e caxumba. (Agência Brasil)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.