Quinta, 18 Janeiro 2018 | Login
Anderson Silva vence! Mas, convence?

Anderson Silva vence! Mas, convence? Featured

 A noite foi brasileira em Nova York. Além do Spider, outros três brasileiros - Glover Teixeira, Jacaré e Wilson Reis - venceram no UFC 208.
 
Por Renato Ferreira -
 
Na madrugada deste domingo (12/08), no UFC 208, realizado no Brooklyn, em Nova York, teve a disputa de cinturão na luta principal, mas, quem chamou mesmo a atenção foi o combate do brasileiro Anderson Silva, 41 anos, contra o americano Derek Brunson, 33. Era o retorno do Spider depois de quatro derrotas consecutivas.
Sem dúvida, Anderson Silva é o maior nome do MMA, porém, depois que perdeu o título para Chris Weidman e quebrou a perna na revanche, o Spider enfrentou, além da longa recuperação, uma série de derrotas. E o UFC precisava "ressuscitar" a sua principal estrela que é sinônimo de faturamento alto.
Assim, depois de quatro anos sem vencer, o Anderson enfrentou um lutador forte e mais jovem, que, no entanto, o respeitou muito durante todo o combate. No final dos três rounds, o Spider venceu por unanimidade, numa luta morna. Derek Brunson já havia confessado que é fã do brasileiro.
 
Anderson venceu, mas, será que convenceu? Será que o brasileiro tem condições de voltar mesmo a enfrentar os maiores lutadores? Ele mesmo disse, no final da luta, que está "velho" e que os lutadores novos são muito fortes e rápidos.
"Primeiramente, obrigado a todos que me apoiaram. Estou muito feliz... Muito obrigado a todos. Trabalho duro há muito tempo. Coloco sempre meu coração aqui. Muitas vezes sinto dores pelo corpo, deixo minha família, mas quando venho aqui dar tudo a vocês do meu melhor. Sinto muito, sei que estou velho para lutar, os caras são muito rápidos e fortes pra mim. Mas luta é a minha vida, esse sou eu. Quando entro aqui eu coloco minha vida aqui junto. Respeito todo mundo. Agora eu venho lutar feliz, amo meu trabalho. Por muito tempo foi meu sonho lutar em Nova York. Não estou nem acreditando", disse, Anderson, emocionado.
Com o resultado de ontem, Anderson Silva soma 34 vitórias na carreira, e apenas oito derrotas. Ele ocupa o número sete no ranking do UFC.
 
Noite brasileira
 
Glover volta a vencer
Glover Teixeira
E não foi somente o Anderson Silva que venceu no UFC 208. Dos cinco brasileiros escalados no card, quatro saíram vitoriosos. Ex-desafiante pelo cinturão dos meio-pesados, Glover Teixeira voltou a vencer. O lutador de Sobrália (MG) encarou Jared Cannonier no card principal e levou a melhor por decisão unânime. Com estratégia bem definida, Glover evitou a trocação, colocou o adversário no chão e explorou com êxito a sua arte no jiu-jítsu.
 
Jacaré detona Boetsch
Jacaré
E quem mostrou também que está pronto para disputar o cinturão é o Ronaldo Jacaré. Buscando essa chanche já algum tempo, Jacaré detonou o americano Tim Boetsch com muita falicidade. Focado e com a atuação impecável, o capixaba finalizou seu adversário com uma Kimura aos 3min42seg do primeiro round.
 
Outra vitória
Wilson Reis
A quarta vitória braisileira no UFF 208 foi de outro mineiro. Wilson Reis, 32 anos, 1,67, venceu o japonês Yuta Sasaki, 15cm mais alto, por decisão unânime. Agora, Wilson Reis espera ter a oportunidade de disputar o cinturão da categoria com o super campeão Demetrious Johnson.
 
Cinturão feminino
 
Na luta principal, o público espava mais das lutadores no combate entre a americana multicampeã de boxe, Holly Holm, e a holandesa campeã muay thai, Germaine De Randamie. A luta foi válida pelo título do cinturão peso-pena feminino, que acabou ficando com a holandesa Germaine, que venceu por pontos. (Renato Ferreira)
000

About Author

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.