Print this page
Belfort perde a terceira luta consecutiva no UFC

Belfort perde a terceira luta consecutiva no UFC Featured

Foi a terceira derroda seguida de Belfort, que já havia sido nocauteado por Ronaldo Jacaré e Gegard Mousasi, nas edições 198 e 204 do UFC. Na mesma noite, Maurício Shogun e Edson Barbosa venceram seus oponentes por nocaute.

 

A cada luta no UFC, parece mesmo que a brilhante carreira de Vitor Belfort está muito perto do fim. Isso, o Brasil pôde verificar em mais uma derrota do lutador brasileiro,  por nocaute técnico no primeiro assalto pelo norte-americano Kelvin Gastelum durante o UFC Fight Night 106, na madrugada deste domingo, em Fortaleza, no Ceará.

A derrota foi a terceira seguida de Belfort, que já havia sido nocauteado por Ronaldo Jacaré e Gegard Mousasi, nas edições 198 e 204 do UFC, respectivamente. Desde que ele foi proibido de fazer uso da polêmica terapia de reposição de testosterona, o TRT, são cinco lutas e só uma vitória - sobre Dan Henderson, em São Paulo.

Vitor Belfort não suportou ao ímpeto do jovem lutador americano

Após a derrota para Gastelum no Centro de Formação Olímpica (CFO) de Fortaleza, Belfort reconheceu que só tem mais uma luta no UFC. O lutador, de 39 anos, está em fim de contrato com a entidade e só tem mais um confronto programado.

"Chegou minha hora de encerrar meu capítulo como lutador profissional. Meu corpo já não é a mesma coisa para o treinamento, é muita dor. São mais de 14 cirurgias que eu já tive. Deixei tudo no octógono, fiquei triste de não dar a vitória para meus compatriotas, mas faz parte. Fazer treinamento para cinco rounds é muito sacrificante no corpo", explicou. A luta tinha programação para cinco assaltos por ser a principal da noite.

Ainda no octógono, pediu que sua luta de despedida seja marcada para 3 de junho, quando há um evento agendado para acontecer no Rio, o UFC 212. "Eu tenho mais uma luta no contrato, gostaria de lutar na minha casa, no Rio de Janeiro, na minha cidade natal. Desculpa a todos pelo desapontamento, mas faz parte", comentou, falando em microfone aberto. O UFC 212 terá como luta principal José Aldo x Max Holloway. (Fonte: Jornal O Dia)

Veja, aqui, todos os resultados do UFC de Fortaleza: 

1ª luta – Paulo Borrachinha vence Garreth McLellan por nocaute técnico no 1º round 

O mineiro Paulo Borrachinha estreou no UFC em grande estilo: conquistou uma vitória com nocaute relâmpago. Logo de cara, o lutador de Minas mineiro partiu para cima e conseguiu emplacar uma sequência de socos e venceu  McLellan por nocaute técnico no primwieo round.

2ª luta – Jeremy Kennedy vence Rony Jason

Apesar de estar lutando na sua terra, ontem não foi a vez do cearense Rony Jason. Dominado em grande parte do combate,ele acabou derrotado pelo canadense Jeremy Kennedy por decisão unânime dos juízes. Com o resultado, Jason fica em situação delicada na organização, já que vem de quatro lutas sem vitória.

3ª luta – Michel Trator vence Josh Burkman 

A terceira luta foi mais uma luta com desfecho rápido. Em apenas 1 minuto e 42 segundos, o paraense Michel ‘Trator’ Prazeres venceu o americano Josh Burkman com uma atuação brilhante. Essa foi a quarta vitória seguida de Michel Trator. 

4ª luta – Joe Soto vence Rani Yahya 

Num combate sangrento na quarta luta, o americano Joe Soto acabou vencendo o brasileiro Rani Yahya por decisão unânime, após três rounds bem equilibrados. 

5ª luta –  Serginho Moraes vence Davi Ramos

No único combate entre brasileiros no card do UFC Fortaleza, Serginho Moraes Davi Ramos, cujo resultao não agrado a plateia. Com raros momentos empolgantes, o combate transcorreu morno e chegou a ser vaiado pelo público. 

6ª luta –  Kevin Lee vence Francisco Massaranduba 

Outro brasileiro que se deu mal em Fortaleza foi  Francisco Trinaldo Massaranduba. Após iniciar bem o combate, encaixando os melhores golpes no primeiro round, o piauiense  Massaranduba acabou derrotado pelo americano Kevin Lee por finalização, no 2º round. 

7ª luta – Alex Cowboy vence Tim Means 
Já na revanche de um primeiro duelo que terminou em No Contest (Luta Sem Resultado), o brasileiro Alex Cowboy levou a melhor sobre o americano Tim Means e venceu o combate por finalização no 2º round. O brasileiro chegou à vitória ao aplicar um mata-leão. , 

8ª luta – Bethe Correia empata com Marion Reneau
A única luta feminina do card do Fortaleza terminou empatada. Depois de dois rounds em que claramente foi melhor no combate, Bethe ‘Pitbull’ Correia passou um verdadeiro sufoco no 3º round, quando foi duramente castigada pela adversária.

9ª luta – Ray Borg vencee Jussier Formiga 

Na lula entre o brasileiro Jussier Formiga e o americano Ray Borg, o brasileiro levou a pior. Após três rounds duros, o potiguar Jussier Formiga acabou derrotado po Ray Borg .

10ª luta – Edson Barboza vence Beniel Dariush 

Numa das lutas mais esperadas da noite, o brasileiro Edson Barbosa foi espetacular. Ele venceu com uma joelhada fulminante o bom iraniano Beniel Dariush. A joelhada voadora Barboza ‘apagou’ de imediato o adversário aos 2 minutos e 35 segundos do 2º round. Com mais essa vitória, Edson Barboza se credencia à disputa do cinturão.

11ª luta – Maurício Shogun vence Gian Villante

 

Na penúltima luta, aconteceu um nocaute bem ao estilo Shogun. Num combate que se desenrolou em pé, o paranaense Maurício Shogun conquistou mais uma importante vitória na carreira ao nocautear o americano Gian Villante. A vitória de Shogum aconteceu no 3º round, após o paranaense conectar uma sequência de golpes fulminantes no seu oponente. A vitória do brasleiro levou o público ao delírio em Fortaleza

000

About Author