Quinta, 18 Janeiro 2018 | Login

Evento será realizado entre os dias 28 e 29/7 no Calçadão de Osasco

 

A cidade de Osasco participará da Campanha Mundial “Hepatite Zero” a ser realizada nesta sexta-feira, 28/7, e no sábado, (29), das 9 às 16h, no Calçadão de Osasco, na Rua Antônio Agú, próximo às lojas Pernambucanas, em frente ao Osasco Plaza Shopping.A ação é organizada pelo Rotary Club de Osasco, com apoio da Prefeitura de Osasco.

 

O evento visa prevenir a doença e, através de campanhas semelhantes, erradicá-la no mundo. Segundo a Organização Mundial de Saúde, as hepatites virais são um dos maiores problemas mundiais de saúde e matam duas vezes mais do que a AIDS.

 

Sobre a Doença

 

A hepatite é uma inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.

São doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas, mas quando aparecem podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

 

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia. Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem. Elas correm o risco de as doenças evoluírem (tornarem-se crônicas) e causarem danos mais graves ao fígado como cirrose e câncer. Por isso, é importante fazer os exames de rotina que detectam a hepatite.

 

Para saber se há a necessidade de realizar exames que detectem as hepatites observe se você já se expôs a algumas dessas situações:

 

. Contágio fecal-oral: condições precárias de saneamento básico e água, de higiene pessoal e dos alimentos (vírus A e E);

.Transmissão sanguínea: praticou sexo desprotegido, compartilhou seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos que furam ou cortam (vírus B,C e D);

.Transmissão sanguínea: da mãe para o filho durante a gravidez, o parto e a amamentação (vírus B,C e D).

 

No caso das hepatites B e C é preciso um intervalo de 60 dias para que os anticorpos sejam detectados no exame de sangue.

 

A evolução das hepatites varia conforme o tipo de vírus. Os vírus A e E apresentam apenas formas agudas de hepatite (não possuindo potencial para formas crônicas). Isto quer dizer que, após uma hepatite A ou E, o indivíduo pode se recuperar completamente, eliminando o vírus de seu organismo.

Por outro lado, as hepatites causadas pelos vírus B, C e D podem apresentar tanto formas agudas, quanto crônicas de infecção, quando a doença persiste no organismo por mais de seis meses.

           

Serviço:

Campanha Mundial “Hepatite Zero”

Dias 28 e 29/7          

Horário: 9 às 16h

Local: Rua Antônio Agú, Calçadão de Osasco, em frente ao Osasco Plaza Shopping (Fonte: SECOM/PMO)

 

A alegria dos brasileiros com a liminar que suspendia o reajuste dos combustíveis durou pouco. Nesta quinta-feira (26/07), o Tribunal Regional Federal (TRF-1), sediado em Brasília, decidiu anular, 24 horas depois, a decisão que suspendeu o aumento das alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina, o diesel e o etanol, anunciado pelo governo na quinta-feira (20).

A decisão foi proferida pelo desembargador Hilton Queiroz, presidente do tribunal, que atendeu a um recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) contra a suspensão do reajuste.

No recurso, a AGU informou à Justiça que a liminar impede que o governo federal arrecade diariamente R$ 78 milhões.

Na decisão, o desembargador entendeu que a liminar proferida pelo juiz gera grave lesão à ordem econômica, principalmente, em um momento de crise econômica no país.

“Com efeito, é intuitivo que, no momento ora vivido pelo Brasil, de exacerbado desequilíbrio orçamentário, quando o governo trabalha com o bilionário déficit, decisões judiciais, como a que ora se analisa, só servem para agravar as dificuldades da manutenção dos serviços públicos e do funcionamento do aparelho estatal, abrindo brecha para um completo descontrole do país e até mesmo seu total desgoverno”, decidiu Queiroz.

Mais cedo, antes da decisão que derrubou a cobrança, o juiz Renato Borelli, que concedeu a liminar, cobrou da Agência Nacional do Petroleo (ANP) o cumprimento de sua decisão e fixou multa diária de R$ 100 mil em caso de descumprimento. (Agência Brasil)

Prisão de Aldemir Bendine mostra que a corrupção corria solta na Petrobras mesmo com a Lava Jato em pleno andamento e prendendo ex-diretores da empresa

 

Nesta quinta-feira (27/07), a Polícia Federal prendeu o ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine e seu suposto operador André Gustavo Vieira da Silva, na 42ª etapa da Operação Lava Jato. Segundo a PF, eles utilizavam o aplicativo Wickr e, após as conversas que travavam, destruíam as mensagens a cada 30 minutos’. Segundo a força-tarefa da operação, em alguns casos, as mensagens eram destruídas 'a cada 4 minutos para evitar a utilização como prova de ilícitos praticados'.


"O aplicativo Wickr permite a troca de mensagens instantâneas entre contatos por meio de sistema de criptografia ponta-a-ponta, com a possibilidade de destruição de todas as mensagens recebidas e lidas pelos interlocutores após um período pré-determinado", afirma a Lava Jato. "De se ver ser rotineira a utilização do aplicativo Wickr por Aldemir Bendine com intuito de efetuar conversas ilícitas e rápida destruição de provas."


Aldemir Bendine e operadores financeiros são suspeitos de operacionalizarem o recebimento de R$ 3 milhões em propinas pagas pela Odebrecht em favor do ex-presidente da Petrobras. Segundo o Ministério Público Federal, na véspera de assumir a presidência da estatal, em 6 de fevereiro de 2015, Aldemir Bendine e um de seus operadores financeiros solicitaram propina aos executivos Marcelo Odebrecht e Fernando Reis, da Odebrecht. O pedido teria sido feito para que o grupo empresarial Odebrecht não fosse prejudicado na Petrobras e em relação às consequências da Lava Jato.

A força-tarefa destacou, no pedido de prisão do ex-presidente da Petrobras ao juiz federal Sérgio Moro, que 'por algum tipo de descuido’, Bendine fez quatro prints de conversas mantidas com André Gustavo no aplicativo. 'Entre os 'prints’ foi localizada uma mensagem que ser refere ao endereço do operador em Brasília.

"O referido endereço foi utilizado no contexto desta investigação para encontros nos quais foram acertadas as vantagens indevidas destinadas a Aldemir Bendine, como revelados pelos colaboradores a Fernando Reis e Marcelo Odebrecht", diz a Lava Jato.

"Em um destes encontros realizados às sombras estiveram presentes Aldemir Bendine e Marcelo Odebrecht para acertar valores da propina. Em outro "print" do aplicativo Wickr, André Gustavo compartilha com Aldemir Bendine nomes relacionados a pessoas próximas ao operador financeiro Lucio Funaro." 

Funaro foi capturado na Operação Sépsis em 1º de julho do ano passado e está preso desde então. Ele negocia delação premiada.

Prints

A Procuradoria da República afirma que o operador André Gustavo também fazia prints das conversas que tinha com Bendine no aplicativo e 'promovia a destruição da prova'.

"Nestas conversas, André relata que terceira pessoa não identificada estava tentando, sem sucesso, contato com Bendine. De pronto, Aldemir Bendine (identificado como: "oi") ratifica o número de seu telefone. Em outra conversa, novamente Aldemir Bendine encaminha o número de seu telefone para André Gustavo. Em outra ocasião, Aldemir Bendine sugere a André Gustavo que entre em contato com Silvana, esposa daquele", relata a Procuradoria.

"No contexto destas conversas no Wickr em que foram efetuadas captura da tela do celular, uma delas refere-se a licitação promovida pela Petrobras, por meio do Convite 1930344.16.8. O "print" efetuado por Aldemir Bendine em conversa com André Gustavo corrobora os dizeres de Fernando Reis no sentido de que André Gustavo tinha acesso a informações internas, privilegiadas e confidenciais da Petrobras, fornecidas por Aldemir Bendine." Os investigadores descobriram também que Bendine pretendia viajar para o exterior.


Defesa

O advogado Pierpaolo Bottini, que defende Aldemir Bendine, afirmou que desde o início das investigações "Bendine se colocou à disposição para esclarecer os fatos e juntou seus dados fiscais e bancários ao inquérito, demonstrando a licitude de suas atividades". "A cautelar é desnecessária por se tratar de alguém que manifestou sua disposição de depor e colaborar com a justiça", disse Bottini (Fonte: O Estado de Minas)

 

Mais de 30 viaturas da PM e da GCM, além de motocicletas, com cerca de 150 policiais foram mobilizados nas ações que ocorreram sem resistência ou feridos

 


Na manhã desta quinta-feira (27/07), a Polícia Militar, com apoio da Prefeitura de Osasco e em cumprimento a ordem judicial, realizou uma reintegração de uma área pública, ocupada de forma irregular. A reintegração fica no Conjunto Vitória, numa área destinada a novos conjuntos residenciais para famílias de baixa renda.

 reintegração 3 menor

As moradias foram construídas pelos invasores numa área às margens de um córrego, que é de proteção ambiental. E por isso elas foram removidas. A Prefeitura informa que as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade serão encaminhadas aos serviços especializadas de proteção básica e acolhimento da Secretaria de Assistência Social.

 reintegração 4 menor

No início da reintegração houve um início de resistência, inclusive, com alguns objetos incendiados por parte de alguns moradores, porém, em seguida, tudo foi normalizado. As ações foram acompanhados por representantes da Prefeitura.

 

Sem resistência

 reintegração 2 menor

Conforme nota do 14º Batalhão da Polícia Militar, apesar de alguns pneus incendiados, a reintegração foi feita com tranquilidade, sem resistência e sem pessoas feridas.

 

Segundo a nota, foi utilizado o efetivo de 119 policiais do 14º BPM, com 23 viaturas, 28 policiais e seis viaturas do 5º BAEP, além de ônibus e motocicletas da PMs e viaturas da Guarda Civil Municipal de Osasco.

 

Leia, a seguir, a íntegra da Nota Oficial da Prefeitura sobre a reintegração:

 

"Com relação aos questionamentos sobre a reintegração de posse, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria da Habitação, informa:

. A ocupação da área reintegrada teve início em abril de 2017.

. Numa tentativa de remoção houve resistência. Por isso, a prefeitura deu início a ação judicial de reintegração de posse.

. A área é de proteção ambiental, de propriedade da Prefeitura de Osasco e integrante do projeto Habitar Brasil/BID, que envolve recursos internacionais

. Estima-se que 200 famílias ocupem a área que está sendo reintegrada

. As famílias removidas da ocupação terão assistência apenas para transportar móveis e pertences. As interessadas poderão fazer o cadastro no portal da prefeitura para projetos habitacionais futuros, ou seja, entrarão numa fila.

. As famílias que forem enquadradas em situação de vulnerabilidade serão encaminhadas aos serviços de proteção básica e acolhimento da Secretaria de Assistência Social.

. A Prefeitura dá apoio à ação de reintegração com agentes da Guarda Civil Municipal, Defesa Civil, Demutran e servidores das secretarias da Habitação e da Assistência Social"

O site da Prefeitura é este: www.osasco.sp.gov.br

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Assistência Social, entregou na terça-feira, (25/07), o novo Albergue Municipal - I. Localizado no Centro da cidade. O espaço é amplo e acolhedor, com quartos bem arejados e banheiros conectados aos cômodos. A capacidade de atendimento é de 50 pessoas - sendo 34 vagas para homens e 12 para mulheres. Durante a Operação Inverno, a capacidade subirá para 60 pessoas. Outro destaque do novo albergue é a sala de TV e os quartos e banheiros no andar térreo para pessoas com mobilidade reduzida.

Com a entrega, o antigo albergue da região central, que ficava na Avenida Maria Campos, foi desativado. O equipamento, que será gerenciado por Osmar Ferreira, contará com uma equipe de assistentes sociais, administrativo e pessoal de limpeza e cozinha.

O prefeito Rogério Lins, acompanhado da primeira-dama, Aline Lins, iniciou o seu discurso pedindo uma salva de palmas para a vice-prefeita Ana Maria Rossi, que completou 70 anos no dia da inauguração. Na sequência, Lins comentou a importância da prestação de um serviço de qualidade, que inclui a reinserção desse público no mercado de trabalho.

“Firmamos parceria com a Empresa Prepara, que disponibilizou 10 vagas de emprego para os moradores dessa unidade. Somando a essas novas vagas, temos 18 pessoas empregadas. É um grande avanço. Mais uma etapa do nosso programa de governo está cumprida. Portanto, peço que os funcionários recebam eles com respeito e amor, e os ajudem a resgatar sua dignidade. É nosso dever social”, frisou.

Além do Albergue no Centro, a prefeitura está construindo um novo Albergue no Rochdale, na zona Norte. “As obras estão bastante avançadas. A nova unidade terá, além das alas diferenciadas para homens e mulheres, um canil e um espaço para guardar as carrocinhas dos moradores”, disse o prefeito.

Lins informou, ainda, que a obra será entregue entre janeiro e fevereiro de 2018.

A secretaria de Assistência Social, Suzete Souza Franco, agradeceu o empenho do prefeito na concretização desse sonho e a todos os envolvidos para que esse projeto acontecesse.

“Esse novo albergue trará melhores condições de trabalho para nossa equipe, bem como aos próprios moradores que utilizam o serviço. Estamos vivenciando uma política pública de qualidade neste governo e isso nos motiva a desenvolver  um trabalho com muito mais afeto e dedicação”, disse Suzete.

Segundo explicou Danielle Silva Bueno, diretora do Departamento de Proteção Social Especial (DPSE), os moradores que usarão o local já possuem uma vaga fixa, pois são pessoas que já estão empregadas e estão se fortalecendo para seguirem suas vidas com autonomia. Eles possuem vaga fixa, conseguem deixar os seus pertences e usam o endereço como referência.

“A casa está bem organizada, mais espaçosa e eles se envolveram na decoração dos ambientes”, comentou. “Os moradores do antigo Albergue I serão encaminhados para o Albergue II - do Rochdale, e os dessa segunda unidade serão instalados no novo Albergue Municipal”, concluiu.

A casa foi inaugurada após o ato final com descerramento da placa e a oração da pastora da Quadrangular, Gisele Luvizotto. Participaram do evento, os secretários municipais Marco Antônio Villela (Habitação), Dulce Helena (Seplag e Trabalho), Sérgio Di Nizzo (Administração), José Bento (Comunicação), Carlos Piteri (Transportes), Valdeci Magdanelo (Segurança), Élio Salvini (Meio Ambiente), Délbio Teruel (Esporte), Elsa Oliveira (Gabinete), Ana Paula Rossi (Educação), Gelso de Lima (Governo), inspetor Raimundo (Comandante da GCM), vereadores Rogério Santos, Batista Comunidade, Jair Assaf, entre outros. (Texto: Olga Liotta - Foto: Ivan Cruz - Secom/PMO)

 

A decisão de um juiz do Distrito Federal pode livrar o povo brasileiro de mais uma vez ter que pagar pela irresponsabiidade e pelos rombos do governo nos cofres públicos

 

 

O governo do presidente Michel Temer começa e enfrentar uma grande batalha jurídica por causa do aumento do PIS e da Cofins que incidem sobre preço dos combustíveis. O juiz federal substituto da 20ª Vara Federal do Distrito Federal, Renato Borelli, concedeu liminar que suspende os efeitos do decreto que elevou as alíquotas. A decisão de primeira instância foi encaminhada à Agência Nacional de Petróleo (ANP) e pede a suspensão imediata dos efeitos do decreto.

 

O aumento dos impostos já foi repassado integralmente aos consumidores, que estão pagando quase R$ 4 pelo litro da gasolina em muitas regiões do país, como em Belo Horizonte.


E como o próprio governo admitiu, o aumento nos combustíveis foi decretado para se cumprir a meta fiscal até o final do ano. A meta do governo é arrecadar R$ 10,4 bilhões com a elevação de tributos e cobrir o deficit de até R$ 139 bilhões neste ano. Sem esses recursos, a equipe econômica terá que ampliar a perspectiva de rombo nas contas públicas, o que provocará instabilidade no mercado financeiro. O aumento do PIS/ Cofins bateu em cheio na gasolina, no diesel e no etanol.

Argumentos da suspensão


Na avaliação do juiz, a ilegalidade do decreto "é patente ao mesmo tempo em que agride o princípio da legalidade tributária, vai de encontro ao princípio da anterioridade nonagesimal" - a chamada "noventena" regra que prevê prazo de 90 dias entre a decisão de elevar um imposto e o aumento do tributo ao contribuinte.

Borelli citou também o artigo 150 da Constituição que institui o "princípio da legalidade tributária, segundo o qual não é permitida a majoração de tributo senão por meio de lei".

Na decisão, o juiz cita que o governo federal não pode "sob a justificativa da arrecadação, violar a Constituição Federal, isto é, violar os princípios constitucionais, que são os instrumentos dos Direitos Humanos".

Apesar da decisão contrária ao aumento do tributo, o juiz ressalta que "não se nega, aqui, a necessidade de o Estado arrecadar recursos financeiros para sustentar suas atividades, assim como garantir a satisfação do interesse público como sua finalidade precípua; contudo, o poder de tributar do Estado não é absoluto, pois a própria Constituição Federal impõe limites por meio dos princípios constitucionais tributários".

A decisão do juiz é uma resposta à ação popular impetrada pelo cidadão Carlos Alexandre Klomfahs. Ele argumenta que "a majoração deve ser por Lei, em sentido formal, e não por Decreto que altera outro Decreto, conforme julgado pelo Supremo Tribunal Federal que entende que é inconstitucional a majoração do IPTU sem edição de lei em sentido formal, vedada a atualização, por ato do Executivo, em percentual superior aos índices oficiais". (Fonte: O Estado de Minas e Agência Estado)

Segunda, 24 Julho 2017 12:47

Obrigado, Waldir Peres!

 

O futebol do Brasil está de luto. Neste domingo (23/07), o mundo esportivo do Brasil, sobretudo, o futebol, levou um choque com a morte repentina do ex-goleiro Waldir Peres, Segundo uma irmã do ex-jogador do São Paulo e da Seleção Brasileira, ele estava em uma festa na cidade de Mogi Mirim, quando sofreu um infarto fulminante. Waldir Peres chegou ainda a ser levado a um hospital da região, mas não resisitiu. Ele tinha 66 anos e deixa dois filhos e uma filha.

Waldir Peres foi um grande astro do São Paulo, onde jogo durante 11 anos, de 1973 a 1984, e também da Seleção. Ele disputou três Copas do Mundo, duas como reserva - 1974 e 1978 - e foi titular da inesquecível Seleção de 1982, treinada por Telê Santana. O ex-goleiro tricolor foi convocado por Telê para alguns amistosos em 1981 e garantiu a vaga de titular após boas atuações. Contra a Alemanha, ele defendeu um pênalti de Paul Breitner, que jamais havia perdido uma cobrança, o que garantiu a vitória brasileira. 

O início da carreira de Peres foi na Ponte Preta em 1970, mas ele fez história mesmo Tricolor do Morumbi. Jogou também no América do Rio Janeiro, em 1984. Depois, retornou à Ponte, onde encerrou a carreira de atleta em 1989. Atualmente, era treinador de futebol e comentarista esportivo. 

São Paulo e Seleção

Pelo Tricolor, Waldir Peres foi campeão brasileiro em 1977, em uma decisão histórica disputada com ao Atlético Mineiro, apartida que ficou conhecida como a "Batalha do Mineirão". O estádio estava lotado e os torcedores do Galo, de Reinaldo e cia. tinham certeza que seriam bicampeões. O jogo terminou em 0 a 0 e o título foi decidido nas cobranças de pênaltis. O ex-goleiro não defendeu nenhuma cobrança, mas, com a sua experiência, catimbou os jovens jogadores atleticanos, que erraram três pênaltis chutando para fora.

Em 1982, Waldir Peres fez história na Copa da Espanha, fazendo parte de uma das melhores equipes do Brasil que, infelizmente, acabou sendo desclassificada pela Itália. Waldir Peres foi o segundo jogador da Seleção de 1982 a morrer. O primeiro foi o Sócrates, falecido em 2011.

O corpo do Waldir sairá de Mogi Mirim nesta segunda-feira (24). O velório será a partir de terça e o enterro será na quarta-feira (25), no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi.

Notícias & Opinião, ao lado da torcida tricolor e do Brasil, agradece ao inesquecível Waldir Peres!

A decisão da Prefeitura foi tomada após ouvir principais demandas dos frequentadores e muro que divide a universidade da marginal será substituído por painéis de vidro para dar mais visibilidade à área

 Vídeohttps://youtu.be/uInJ4LotI-I

Em breve, os motoristas que trafegam pela Marginal Pinheiros terão uma nova visão da Universidade de São Paulo. O muro que, há 21 anos, separa a Cidade Universitária “Armando de Salles Oliveira” da Marginal Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo, será substituído por painéis de vidros que, além de modernizar a área, permitirão a visualização da raia olímpica da Universidade de São Paulo (USP). O projeto, apresentado pela Prefeitura de São Paulo na quarta-feira (19/07), levou em consideração as principais demandas dos frequentadores da raia. O custo total do projeto está orçado em R$ 15 milhões, totalmente doados pela iniciativa privada.

 Muro usp 3 coletiva

“A nossa intenção é integrar ainda mais a Universidade de São Paulo à vida da cidade. Colocá-la como parte integrante do dia-a-dia dos cidadãos da cidade e com aqueles que utilizam a Marginal Pinheiros, via de maior fluxo na América Latina que recebe 3,5 milhões de pessoas diariamente. A existência do muro representa um confinamento da universidade em relação à cidade”, afirmou o prefeito João Doria.

Em maio deste ano, a Prefeitura anunciou a retirada do muro que, inicialmente, seria substituído por grades. Após os usuários demonstrarem preocupação em relação ao aumento do ruído e de monóxido de carbono na raia, a Prefeitura, a USP e os patrocinadores optaram pela instalação dos painéis de vidro como a melhor solução, atendendo 100% desta reivindicação. “A ideia é devolver o território da USP para São Paulo, aumentando a visibilidade desta área de uma forma integrada com a sociedade”, disse o prefeito.

“É um dia para comemorarmos. A universidade é parte da sociedade, parte da comunidade, e ela deve se integrar à cidade de todas as formas para não perder a sua função”, ressaltou o reitor da USP, Marco Antonio Zago.

A medida foi possível graças ao apoio da Prefeitura, que apresentou o projeto a empresários de diversos setores e auxiliou a USP a acertar parcerias com a operadora de saúde Prevent Sênior e as empresas GCL Brasil, Estrutec Engenharia, Falcão Bauer, Guardian Vidros e Espelhos, Tempermax, Ci&Lab, Votorantim/CBA, Magna Studio, Farah Service e Frances Alves (veja abaixo a lista de todas as empresas).

Muro usp 2 projeto

O projeto é assinado pelo escritório de arquitetura Jóia Bergamo e conta com o apoio e coordenação do diretor geral do shopping D&D e ex-presidente da Casa Cor, Angelo Derenze. O prefeito ressalta a importância para a capital de parcerias com as empresas e se coloca à disposição de outros representantes da iniciativa privada que desejarem contribuir com a cidade.

A previsão é que a obra seja iniciada em setembro deste ano para ser entregue no início de 2018. O projeto prevê a demolição do muro que separa a raia olímpica da Marginal Pinheiros e a substituição por um painel de 2,2 quilômetros de extensão, feito de alumínio e vidros suspensos com a ajuda de uma barreira de concreto. Serão três metros de vidro e um metro de concreto, totalizando quatro metros de altura. A acústica é considerada igual ou superior ao muro de concreto existente e todo o material utilizado é 100% reciclável.

Para não atrapalhar o trânsito na Marginal e garantir a segurança dos motoristas e frequentadores, o vidro será temperado, com 10 milímetros de espessura e película de proteção. O material é cinco vezes mais resistente do que um vidro comum. A reflexão também se mantém dentro das normas de similaridade dos para-brisas dos carros. Em caso de quebra, o vidro se fragmenta em pequenos pedaços, que ficam aderidos na película.

Todo o trecho contará com câmeras de monitoramento. Também serão feitos o paisagismo e a iluminação por LED da área. O projeto de iluminação, com valor estimado em R$ 150 mil, foi desenvolvido e doado à universidade pela light designer Frances Alves, e contará com mais de mil refletores LED instalados por toda extensão da raia. O objetivo é valorizar a beleza da natureza do local. Os equipamentos utilizados no projeto foram doados pela GCL Brasil.

A USP fica na região da Prefeitura Regional do Butantã, que irá acompanhar os trabalhos de demolição do muro. Desde abril, a USP está promovendo um chamamento público para pessoas físicas ou jurídicas que tenham interesse em doar bens, valores ou serviços para o desenvolvimento do projeto de revitalização da área.

A raia olímpica, paralela à Marginal Pinheiros, é um conjunto esportivo destinado à prática do remo e da canoagem. Conta com vestiários, sala de musculação, pista rústica, barcos e garagem. A raia olímpica, inaugurada em 1973, tem 2.200 metros de extensão por 100 metros de largura.

Sobre a Jóia Bergamo

Com quase 30 anos de carreira, a designer de interiores Jóia Bergamo possui trabalhos no Brasil e nos Estados Unidos. Possui escritórios com sedes em São Paulo e em Miami que desenvolvem anualmente cerca de 150 projetos. Seus trabalhos são sinônimos de qualidade e atendimento exclusivo, atuando em áreas residenciais, corporativas e comerciais.

O foco principal de seu trabalho é a assessoria prestada ao cliente, pensando sempre em realizar seus sonhos e desejos, com orientação para não fugir da tendência, modernidade e funcionalidade.

Sobre a Prevent Senior

A Prevent Senior é a operadora de saúde que atua desde 1997 pensando no adulto+. Possui uma rede própria, composta pelos Hospitais e Prontos-Atendimentos Sancta Maggiore, Núcleos de Medicina Avançada e Diagnóstica e Núcleos especializados em Cardiologia, Dermatologia, Oftalmologia, Oncologia, Ortopedia/Traumatologia e Reabilitação, médicos de diversas especialidades e outros profissionais da saúde que trabalham de forma integrada. (SECOM/PREFEITURA DA CAPITAL)

Veja todas as empresas envolvidas com o projeto:

  • Jóia Bergamo Arquitetura e Design de Interiores – Projeto arquitetônico e gerenciamento
  • Prevent Senior – Financiamento e montagem da obra
  • Estrutec Engenharia – Projeto civil e metálico
  • Falcão Bauer – Sondagem
  • Guardian – Fornecimento de vidros
  • Tempermax – Beneficiamento dos vidros
  • Ci&Lab – Projeto e laudo dos vidros
  • Votorantim/CBA – Fornecimento da estrutura em alumínio anodizado
  • Magna Studio – Projetos 3D e animação
  • Farah Service – Revitalização e paisagismo
  • GCL Brasil – Fornecimento da iluminação de LED
  • Frances Alves - Projeto de iluminação interna
  • Angelo Derenze – Apoio e coordenação

Na quinta-feira, (20/07), a Delegação Esportiva de Osasco seguiu para São Bernardo do Campo, no ABC, onde participa dos 61º Jogos Regionais 2017, entre os dias 20 e 30/07, pela etapa da 1ª Região Esportiva do Estado de São Paulo

A abertura oficial com desfile dos municípios participantes foi realizada nesta sexta, 21, às 19h, no Ginásio de Esportes Paulo Cheidde, mais conhecido como Baetão, localizado na Rua Dona Júlia Céar Ferreira, 270, Baeta Neves.

“Apesar de todas as dificuldades estamos oferecendo o melhor suporte para que possam disputar esses jogos da melhor maneira possível, com uma boa acomodação também. Contem com nosso apoio. Estaremos com vocês em SBC e, desde já, eu e minha equipe parabenizamos a todos os atletas por estarem nessa competição”, comentou Délbio Teruel, secretário de Esporte.

Keyla Matias dos Santos, 21, e Maria Carolina, 19, atletas de Handebol estão ansiosas. Embora não seja a primeira vez que participam de competições, as atletas revelaram que sentem a mesma adrenalina de uma estreia em Jogos.

Jonathan da Silva, 16, que disputa a modalidade de Atletismo há um ano, na categoria Decatlo - competição composta por dez provas - diz ter como meta superar sua melhor marca: 5.700 pontos. E, lógico, trazer uma medalha de ouro. 

Dona Mitsuko Yamaguti, 73 anos, jogadora de tênis de mesa, que disputará o JORI – Jogos Regionais dos Idosos – em agosto, prestigiou a partida para desejar aos jovens esportistas uma excelente competição. “É um momento maravilhoso, podemos rever velhos amigos, inclusive de outras cidades; sentir aquela vibração positiva das competições e cuidar da saúde, o que é melhor ainda”, disse.

Os olhares atentos dos pais revelavam a emoção deste momento. “A gente fica com um frio na barriga, não tem como evitar. Nossa caçula ficar longe de casa, nunca e fácil. Mas a gente dá todo o apoio para ela, porque sabemos que ela faz o que gosta e treinou muito para esse temporada”, destacou Glaydston Luiz Cavalcanti da Graça, pai da Ana Beatriz, 12 anos, atleta de Ginástica Rítmica. (Texto: Olga Liotta - Fotos: Rômulo Fasanaro Filho - SECOM/PMO)

Este é o maior concurso público em Osasco em número de cargos desde 1993

 

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Administração, comunica a todos os candidatos inscritos no Concurso Público Edital Nº 01/2017, que a 1ª etapa do concurso será realizada no domingo, dia 23/7.

Os candidatos deverão comparecer no local de provas com uma hora de antecedência da abertura dos portões, munidos do comprovante de inscrição, original de um dos documentos de identidade, caneta esferográfica azul ou preta, lápis preto e borracha.

Os inscritos podem acessar seus dados através do link:

http://www.indepac.org.br/concursos/concurso/acessarConvocacao/id/21

A lista completa com os nomes dos convocados, datas, horários e locais de realização das provas já está disponível no site do Instituto de Cultura, Desenvolvimento Educacional, Promoção Humana e Ação Comunitária (Indepac):

www.indepac.org.br/concursos

Os demais candidatos, que não se enquadram neste etapa do concurso, devem ficar atentos, pois no dia 30/7 haverá a segunda etapa para demais cargos especificados no site do Instituto. (Texto: Olga Liotta - SECOM/PMO)

 

SERVIÇO

Concurso Público Edital Nº 01/2017

Data da prova: 23/7, conforme relação de convocados.

Horário de abertura dos portões: 8h

Fechamento dos portões: 9h

Local: conforme tabela informada no site do Instituto de Cultura, Desenvolvimento Educacional, Promoção Humana e Ação Comunitária (Indepac): www.indepac.org.br/concursos

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.