Print this page
Forças policiais discutem segurança pública em Osasco

Forças policiais discutem segurança pública em Osasco Featured

 

Ao lado de saúde e educação, a falta de segurança pública é uma das maiores preocupações dos brasileiros. Com o objetivo de solucionar o problema na cidade Osasco, na quinta-feira (21/01), o prefeito de Osasco, Rogério Lins, reuniu-se com a Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar e Civil, além de diversos órgãos da administração municipal, no 42º BPM/M (Batalhão de Polícia Militar Metropolitano), para discutir Segurança Pública.

Na ocasião, foram debatidas ações realizadas em conjunto entre Polícia Militar e Civil, GCM e administração municipal, com o objetivo de combater a criminalidade em Osasco. “Quando perguntamos à população qual é sua maior preocupação, recebemos quase sempre a mesma resposta que é a falta de segurança. Por isso, precisamos agir em conjunto. Somos muito cobrados para que haja avanços nessa área, mas somente juntos vamos combater a criminalidade em Osasco”, disse o prefeito.

Alguns trabalhos desta parceria já obtiveram resultados em Osasco, como a “Operação Amanhecer Seguro”, que desde 5/1 garante a segurança da população em pontos de ônibus nas primeiras horas do dia e a implantação de atuações em combate aos Pancadões que no fim de semana dos dias 20, 21 e 22/1 evitaram delitos e a realização de bailes funks em algumas localidades.

Em relação aos Pancadões, Lins explicou que seu governo já tem em execução um trabalho intersecretarial que envolve inclusive a Secretaria da Cultura para que todos possam ter opções de lazer e qualidade de vida sem que perturbem o direito do próximo. “Defendemos a criação de espaços de diversão adequados  à juventude, com atividades culturais, esportivas, musicais, de capacitação e longe do álcool, das drogas e com segurança”, disse.

Outro assunto que Lins anunciou no encontro foi que a Polícia Militar voltará a fazer autuações de trânsito em Osasco, por meio da renovação de um convênio que já existente no município. “Atualmente contamos apenas com nove agentes de trânsito em atividade na cidade. O convênio com a PM não será uma ação para multar ou onerar Osasco, terá o objetivo de garantir a segurança nas ruas da cidade e fazer com que as pessoas respeitem as leis”, explicou.

Com o propósito de expor para o prefeito algumas operações diárias, semanais e mensais desenvolvidas pela Polícia Militar em combate à criminalidade no município, durante a reunião foram apresentadas intervenções da PM, como patrulhamentos ostensivos para diminuir roubos praticados por motociclistas, fiscalização de condutores alcoolizados, combate aos Pancadões e até a garantia de segurança em eventos esportivos.

Participaram da reunião o comandante da GCM, Raimundo Pereira Neto, os secretários, adjuntos da Secretaria de Segurança e Controle Urbano, Adilson Custódio Moreira, Transporte e da Mobilidade Urbana, Fábio Grossi, e de Indústria, Comércio e Abastecimento, Luiz Henrique do Nascimento, do Departamento de Controle Urbano, Leonardo Acuyo, o vereador Ribamar Silva, os Capitões Giordano e Maurício, e a Major Scomparini. (Texto: Francine Maia - Foto: Italo Cardoso - SECOM/PMO)

 

000

About Author