Sábado, 20 Janeiro 2018 | Login
Portela é campeã depois de 33 anos no Rio

Portela é campeã depois de 33 anos no Rio Featured

A escola de samba é recordista do carnaval carioca com 22 títulos.

Foi uma explosão de alegria. Nesta quarta-feira (01/03),a vitória, depois de mais de 30 anos sem títulos, causou uma explosão de alegria nos dirigentes e integrantes da Escola de Samba Portela, campeã do carnaval de 2017 no Rio de Janeiro. E lá também, como já havia ocorrido em São Paulo com a Acadêmicos do Tatuapé,, a vitória da Portela saíu também no segundos finais da apuração. Como disse o presidente da agremiação, Luis Carlos Magalhães, a escola tirou um peso das costas.

"A Portela agora vai ter paz para ser a grande escola que tem que ser", gritou ele emocionado. Magalhães aproveitou a oportunidade para homenagear seu antecessor, Marcos Falcon, que foi assassinado em 2016. Segundo ele, Falcon foi um dos principais responsáveis pela volta da escola ao topo do pódio na Sapucaí. A Portela levou ao Sambódromo um enredo que contou a relação histórica entre a humanidade e os rios, passando também por lendas e religiões.

"Não é possível deixar de falar dele, que trouxe de volta a autoestima da Portela, que trouxe de novo a vitória", disse o presidente da escola, que também agradeceu aos baluartes da Portela e também ao carnavalesco Paulo Barros. "Eu não sei se o Paulo Barros continua. Eu sei que ele vai arranjar um problema se ele sair, porque vai todo mundo atrás dele".

A coordenadora da área de compositores da Portela, Jane Garrido, não conseguia conter as lágrimas e levava a mão ao peito quando falava sobre o título. "É uma sensação de merecimento e de reconhecimento do trabalho. Foi reconhecido que esse era o melhor samba, que ganhou 30 pontos e ajudou a gente vencer esse campeonato", comemorou ela. "Faço questão de ir para casa e saber que eu não sonhei, que eu sou campeã. A gente merece isso".

Mocidade de Padre Miguel

A Portela venceu em uma disputa acirrada com a Mocidade de Padre Miguel, que só ficou para trás no último quesito, o enredo. Um dos destaques da escola vice-campeã foi a comissão de frente, que fez o personagem Aladdin voar em um tapete mágico pela avenida. O quesito atingiu os 30 pontos na apuração e o coreógrafo Saulo Finelon festejou a colaboração para o bom resultado da escola.

"Foi um trabalho árduo e é muita responsabilidade. Mas fizemos com afinco e disciplina. Acho que nosso trabalho realmente teve muito êxito, não tenho nem o que falar", disse ele, que contou ter recebido elogios do Brasil todo e de outros coreógrafos. (Fonte: Agência Brasil)

000

About Author

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.