Print this page
Greves de ontem e de hoje no Brasil

Greves de ontem e de hoje no Brasil Featured

O direito à greve por melhores salários e condições de trabalho é sagrado e constitucional.

 

Antigamente no Brasil, as greves eram assim, lideradas e realizadas por trabalhadores, pessoas responsáveis que, após deliberação em assembleias, iam para as fábricas, indústrias e comércios, batiam o ponto e cruzavam os braços.

E sem prejudicar a população, sem incendiar ônibus, sem queimar pneus e sem fechar ruas e rodovias, os trabalhadores responsáveis e inteligentes conseguiam os seus objetivos. E esses serão sempre lembrados pelas suas lutas em prol do desenvolmento do país.

Greve hoje

Hoje, no entanto, os tempos mudaram. Os líderes sindicais que não trabalham, usam carrões, roupas de marca e relógio Rolex, comandam uma massa de manobra, na maioria jovens, sem conhecimento, pessoas mascaradas que, como boiada, são conduzidas como massa de manobra pelos seus líderes.

E sem saber nem o que significa a sigla CLT, um dos pretextos usados para a "greve geral" da última sexta-feira, esses pobres alienados saem quebrando tudo pela frente, queimando ônibus e agredindo as pessoas, enquanto seus líderes sindicais e políticos, claro, estão em locais incertos e desconhecidos, preocupados não com os trabalhadores, mas em se manter no poder a qualquer custo e em saber de qual empreiteira eles vão receber as maiores propinas. (Renato Ferreira)

000

About Author