Domingo, 09 Dezembro 2018 | Login


Mesmo abandonado por lideranças tucanas, Doria obteve 51,75% dos votos válidos contra 48,25% de Márcio França (PSB). A vitória de Doria é a sétima do PSDB, que está no comando do estado há 24 anos

 

Neste domingo, 28/10, o empresário e ex-prefeito da capital paulista João Doria (PSDB) foi eleito governador de São Paulo no segundo turno. O resultado só foi confirmado pela Justiça Eleitoral com 98,49% das urnas apuradas às 19h34. No total, o tucano obteve 10.990.160 votos, o que corresponde a 51,75% dos votos válidos. França obteve 48,25% de Márcio França (PSB), que obteve 10.248.653 votos. Uma diferença de 741.507 votos, ou 3,5%.


Fazia 16 anos que a eleição para o governo de São Paulo não ia para o segundo turno. A última vez foi em 2002, entre José Serra (PSDB) e Aloizio Mercadante (PT). A diferença entre Doria e França ficou em 3,52%.

"Vamos governar para todos os brasileiros de São Paulo. A nossa gestão será da transparência, liberal, inovadora. Conosco será a nova política. Nós a partir de janeiro estamos aposentando a velha política de São Paulo", disse Doria, após o resultado oficial."São Paulo vai liderar a nova política, progressista, desenvolvimentista, para gerar empregos, atrair capital externo, gerar recursos no agro, turismo, indústria, tecnologia e ciência."

Doria falou também sobre o futuro do PSDB. "Respeito os líderes que ajudaram a fundar e construir o PSDB. Não vamos desrespeitar a história desses nomes. Temos que interpretar essa eleição com muita humildade. PSDB precisa sintonizar com o momento atual e o momento futuro do nosso país. Faremos isso sem ofender ninguém, sem atacar a história de ninguém."

"Não recebi ligação de Fernando Henrique Cardoso nem de Geraldo Alckmin. A partir de 1º de janeiro, no meu PSDB, do Bruno Covas, do Bruno Araújo, tem lado. Estará ao lado do povo, ao lado do povo.


Márcio França
Em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, na Zona Sul, Márcio França (PSB) falou em respeito aos resultados e disse que ligou para João Doria, a quem desejou "toda sorte do mundo".

"A gente sai frustrado porque não era o que a gente queria, mas tenho a compreensão de que eleição é assim: acaba uma, começa outra. Foi assim a minha vida toda. Eu já disputei, com essa, 17 eleições, de algum jeito, ou apoiando alguém, ou fazendo campanha pra mim mesmo. E em todas elas, saibam, na maioria eu ganhei, mas saio do mesmo jeito, com mais vontade se fazer política, de poder ajudar as pessoas", declarou França.

Published in Política

 

Na reta final antes do segundo para governador em São Paulo, a baixaria tomou conta da campanha. Nesta terça-feira, 23/10, o meio político foi surpreendido com um vídeo divulgado nas redes sociais mostrando uma suposta orgia com a participação de João Doria, candidato do PSDB.

Ao lado de sua esposa, Bia Doria, ontem mesmo, João Doria negou sua participação e repudiou a divulgação do vídeo. O tucano disse também que iria pedir uma perícia no vídeo e processar os responsáveis pela "montagem" e pela divulgação.

Nesta quarta-feira, 24, já aparecem notícias informando que o vídeo é uma montagem. Conforme matéria publicada pelo Portal Visão Oeste - https://bit.ly/2Rd5E0z - a perita criminal e advogada Roselle Sóglio afirma que o vídeo é uma montagem. Ela produziu um laudo sobre o caso a pedido da Veja São Paulo.

A perita destaca alguns aspectos do vídeo: “Ele parece artificial, não esbanja nenhuma reação e fica estático na maior parte do tempo, o que não seria o caso num momento como aquele”, disse Roselle à Veja São Paulo.

Roselle avalia ainda que a iluminação do quarto foi preparada para esconder o rosto da pessoa na qual foi colocado o rosto de Doria. Portanto, as imagens foram feitas pensando nas alterações que seriam realizadas depois.

 

Imagem grosseira

doria fake 640x495

Em outra matéria também do Visão Oeste, um especialista afirma que a manipulação é grosseira. “A manipulação da imagem é grosseira. É possível ver as marcas da implantação do rosto do candidato sobre a imagem original. O rosto está deslocado e há uma deformação evidente no pescoço. A adulteração é sofrível”. A avaliação é de Wanderson Castilho, um dos maiores especialistas brasileiros em crimes virtuais, em entrevista ao site O Antagonista, sobre o vídeo íntimo atribuído a João Doria (PSDB), diz a matéria do Visão Oeste.

 

Vereador do PSB assume que postou na rede

Camilo Cristófaro

Trata-se de Camilo Cristófaro, do PSB, partido do Márcio França, conforme matéria do R7, ColunadoFraga - https://bit.ly/2CCVtOQ - O vereador diz que recebeu o vídeo de uma das meninas que teriam participado da farra sexual supostamente com o tucano e que não "teria recebido o cachê".

Em seu primeiro mandato, Cristófaro já causa bastante polêmica. Em junho, teve o mandato cassado por fraude eleitoral, mas recorreu e continua no cargo. O vereador pertence ao mesmo partido de Márcio França, o PSB.

Márcio França

Também na terça-feira, o governador Márcio França (PSB), candidato à reeleição, abordou o assunto. Mas, o governador foi lacônico. "Isso deve ter acontecido pelos inimigos que o Doria arrumou ao longo de sua vida, sempre desprezando os outros", disse França.

Published in Política
Segunda, 03 Setembro 2018 22:12

Márcio França estará em Osasco nesta terça

 

O governador de São Paulo, Márcio França (PSB) estará em Osasco, nesta terça-feira, 04/09, para se reunir com representantes de partidos que o apoiam na campanha à reeleição.

Na ocasião, França anunciará a implantação de uma nova entrada à cidade, pela Rodovia Castello Branco, obra viária de extrema importância para fluidez do trânsito na região.

O encontro ocorrerá a partir das 19h30, no Clube Floresta (Rua Primitiva Vianco, 405, centro – Osasco).

Published in Política

Durante entrevista coletiva, na cidade de Osasco, o Governador de São Paulo falou sobre vários temas, como eleições, pesquisas eleitorais, saúde, educação, alistamento civil e segurança pública, dentre outros

 

Nesta sexta-feira, 29/06, o governador de São Paulo e pré-candidato à reeleição, Márcio França (PSB), esteve na cidade de Osasco, onde participou do Ciclo de Entrevistas - Eleições 2018, promovido pelo jornal Diário da Região, AmeCom (Associção Metropolitana de Comunicação), e da ADJORI-SP (Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo). Estiveram presentes no evento diversas autoridades da região, como os prefeitos Rogério Lins, de Osasco, Marcos Neves, de Carapicuíba, Gregório Maglio, de Pirapora do Bom Jesus, e Josué Ramos, de Vargem Grande Paulista.

Márcio França 1

Durante a coletiva, que contou com a presença de vários jornalistas da imprensa regional e também de Roberto Cabrini, do SBT, Márcio França falou sobre diversos temas e do que pretende implantar no Estado de São Paulo, caso seja reeleito nas eleições de outubro deste ano, sobretudo,temas ligados às áreas da Educação e Segurança Pública.

Márcio França 3

Campanha na TV e rádio

"As pesquisas eleitorais mostram o momento atual e eu sou ainda desconhecido pela maioria do eleitorado. Mas, com o início da campanha na TV e no rádio, quando teremos tempo para falar sobre que temos feito no governo do Estado, tenho certeza que iremos subir nas pesquisas e disputar o segundo turno das eleições. O povo está descontente com políticos tradicionais e, apesar da nossa longa experiência desde quando fomos prefeito de São Vicente, na política estadual somos ainda desconhecido. Com as coligações que estão sendo feitas pelo PSB, teremos tempo suficiente para nos apresentamos e falarmos do que estamos fazendo e dos planos que tempos investir em todas as demadas do governo".

João Doria

"Até o final da campanha muitas coisas vão mudar nessa campanha. O Doria não cumpriu o seu mandato de prefeito e tem muita gente que não gostou disso. É como você comprar um pizza grande e receber uma pequena. Então, 47% do eleitorado paulistano não votaram nele e aqueles que votaram o fizeram para ele administrar a cidade de São Paulo. Então, é evidente que ele vai ser cobrado por isso quando a campanha começar pra valer".

Compromisso

"Veja, o candidato do PSDB não cumpriu aquilo que prometeu quando fez campanha para prefeito de São Paulo. Estou aqui com vocês e não sou obrigado a fazer nenhum compromisso, mas, se faço tenho que ser verdadeiro e cumprir o compromiso firmado com os eleitores".

Segurança Pública

"O Governo do Estado tem a obrigação de continuar investindo na segurança pública, dando melhores condições de trabalho e de salário aos nossos policiais civis e militares. Mas, tudo isso tem que ser feito estudo e inteligência no trabalho preventivo e de investiação. E segurança para o cidadão não significa apenas aumento no efetivo de policiais e construção de novos presídios. Temos que investir em nossos jovens e adolescentes para tirá-lo do caminho da criminalidade".

Alistamento Civil

"O Alistamento Civil, programa social que atende jovens em vulnerabilidade social e que implantamos como prefeito em São Vicente com grande êxito, é o principal caminho para livrar os jovens da criminalidade. Fizemos um estudo em São Vicente e vericamos que 56% dos presos foram para a cadeia com 18 anos. Então, temos que evitar que o gelo seja formado para não termos que ficar apenas enxugando gelo depois. Atualmente, estamos implantando o Alistamento Civil nos 15 municípios mais violentos do Estado e esperamos poder implantar em todo o Estado de São Paulo. No Alistamento Civil, os jovens ficam no programa um ano estucanos e trabalhando e saem em condições de trabalhar na sociedade". 

Educação

"Investimos e melhoramos muito o ensino no Estado de São Paulo, mas, sem dúvida, estamos ainda muito atrasados e pecamos na qualidade. Veja, se um piloto de avião da primeira metade do século passado entrar, hoje, numa aeronave moderna, ele não saberá operá-la. O mesmo ocorreu em todas as áreas com as novidades tecnológicas. Mas, em termos de edução, infelizmente, nada mudou. Um professor de 1920 pode entrar hoje numa sala de aula e ele não vai sentir nenhuma mudança. O nosso compromisso é investir no ensino e também no sentido de que os professorem tenham menor carga horária e melhor salário".

Comunicação

O governador foi interrogado também sobre o distanciamento entre o setor de comunicação do governo e a imprensa regional e do interior do Estado. "REalmente, o governo precisa melhorar a sua comunicação com a população e isso, sem dúvida tem que passar pela imprensa regional. Hoje, ficamos apenas com os grandes anúncios de campanhas e não comunicamos corretamente com o povo que ficar sem saber ou conhecer muitas coisas boas que são feitas pelo governo. (Renato Ferreira)

 

Published in Política

 

Na tarde de sábado, 16/12, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), inauguraram a Creche Pedro Alves de Oliveira, no Jardim São Pedro, zona Sul da cidade.

Creche São Pedro

Trata-se de uma creche moderna construída pela Prefeitura em parceria com o Governo do Estado, por meio do Programa Creche Escola, lançado há 5 anos pelo governador Alckmin.

Creche São Pedro 2

Com 813,78 m² construídos em 4.647,07 m² de terreno, a nova unidade conta com Sala de Direção, Sala de Educadores, Secretaria, Sanitário Administrativo Feminino, Sanitário Administrativo Masculino, Berçário, 6 Salas de Atividades, Sala Multiuso, Fraldário, Cozinha, Despensa, Lactário, Sanitário/Vestiário Infantil Feminino, Sanitário/Vestiário Infantil Masculino, Sanitário/Vestiário Familiar Acessível, Copa para Funcionários, Lavanderia, Depósito de Material de Limpeza, Sanitário/Vestiário Funcionários Feminino, Sanitário/Vestiário Funcionários Masculino.

A inauguração contou com a presença de um grande públicos e dezenas de autoridades, dentre elas a vice-prefeita de Osasco, Ana Maria Rossi; a primeira-dama Aline Lins; a secretária de Educação, Ana Paula Rossi, o vereador e presidente da Câmara Municipal, Dr. Lindoso; os deputados Federais Roberto de Lucena e Renata Abreu (Presidente Nacional do Podemos), o deputado Estadual, Jorge Wilson; o ex-prefeito de Osasco, Francisco Rossi, secretários municipais e vereadores.

Alckmin e Lins exclusivo

Notícias & Opinião cobriu o evento e conversou, com exclusividade, com o prefeito Lins e o Governador Alckmin, que elogiou a obra da Prefeitura e disse que educação de base será prioridade em seu programa de governo. (Fotos: Serginho Gobatti)

Confira neste vídeo: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1554310441325857?pnref=story

Published in Cidade

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.