Quarta, 19 Setembro 2018 | Login
Domingo, 06 Maio 2018 14:47

Cruzeiro é hexacampeão da Superliga

Time celeste de Belo Horizonte vence o Sesi/SP por 3 a 2 e conquista o seu sexto título - o quinto consecutivo - da Superliga Masculina
 
 Cruzeiro, Cruzeiro querido; Tão combatido, jamais vencido!
 
Mais uma vez, neste domingo, 06/05, a metade azul de Belo Horizonte e de Minas Gerais está azul e cantando alto o hino do Cruzeiro, time tradicional de Futebol e imbatível no vôlei masculino nos últimos anos.
Cruzeiro é hexa.jpg 2
 
Espetacular! Não há outro termo para definir a final da Superliga Masculina de Vôlei, disputada nesta manhã no Mineirino com mais de 14 mil torcedores. Com casa cheia e emoção do início ao fim do jogo, o Sada/Cruzeiro venceu Sesi/SP por 3 sets a 2, com parciais de 25/16, 17/25, 25/22, 23/25 e 22/20 num tie break sensacional e que parecia até um saque normal. Foi a oitava decisão consecutiva do Cruzeiro. No sábado passado, os mineiros já haviam vencido os paulistas também por 3 sets a 2, no Ibirapuera.
 
O levantador Uriarte foi eleito o melhor jogador da partida. E o ponteiro Leal recebeu o prêmio de melhor da competição.
Os números do time celeste são impressionantes. Desde 2010, a Raposa disputou 39 campeonatos, chegando a 35 finais e faturando 31 títulos. Na Superliga, a equipe do técnico Marcelo Mendez faturou o título também em 2012, 2014, 2015 e 2016.
Além do técnico Marcelo Mendez, o ponteiro Filipe e o líbero Serginho também estiveram em todos os cinco títulos nacionais da equipe. Com o nome de Superliga, torneio nacional foi criado em 1994.
Agora, o Cruzeiro é o maior campeão isolado, seguido por Minas e Florianópolis, que possuem quatro títulos. O Sesi tem um troféu tem título. E se se contabilizados todos os torneios nacionais de voleibol a partir de 1976, o Minas é o maior campeão, com sete taças, seguido pelo Cruzeiro, agora, com seis títulos.
Despedidas
Mas, se a torcida cruzeirense lotou o Mineirinho, empurrou o time e fez a festa com mais um título, por outro lado, ela sai um pouco apreensiva. Pois, foi também uma manhã de despedidas. Para a próxima temprada, a Raposa não contará com duas estrelas: o cubano Leal e o argentino Uriarte.
 
Leal despede se do Cruzeiro
 
Leal, naturalizado brasileiro e que já poderá defender a Seleção Brasileira a partir de abril de 2019, vai vestir a camisa do Lube Civitanova, da Itália.
Emocionado e ao lado dos pais, que vieram de Cuba para ver o último jogo do filho em Belo Horizonte, Leal agradeceu o apoio e o carinho da torcida mineira.
Já o levantador Uriarte defenderá o Taubaté. Possivelmente, o Cruzeiro deverá buscar o substituto de Leal no exerior. O central Simon, também cubano, e que foi o melhor sacador da atual temporada, continará no Cruzeiro para a Superliga 2018/19.
 
Veja, aqui, o último ponto do Cruzeiro e a festa da torcida no Mineirinho: https://bit.ly/2JVAzLh
Published in Esporte

 

O Brasil e o esporte - principalmente, o vôlei - estão de luto. Nesta terça-feira, 13/11, morreu em Belo Horizonte, o Diretor de Administração e Controle do Atlético Mineiro, Bebeto de Freitas, aos 68 anos. Ele morreu na parte da tarde  na Cidade do Galo. Bebeto passou mal logo após apresentar o Galo Futebol Americano. 

Bebeto de Freitas sofreu uma parada cardíaca na parte interna da Cidade do Galo, onde dava a entrevista falando sobre a criação do Fubebol Americano do clube. Atendido imediatamente pelo médico Marcos Vinícius, Bebeto não resistiu e acabou falecendo. Bebeto foi o treinador da geração de prata da Seleção Brasileira de Vôlei.

A morte do grande desportista brasileiro foi confirmada pelo prefeito de Belo Horizonte e ex-presidente do Atlético, Alexandre Kalil, que se despediu do amigo. "Sempre gostei de gente de bem e honesta ao meu lado. Por isso gostava de estar perto de você. Encontramos mais tarde, Bebeto", disse Alexandre Kalil.

Bebeto foi jogador de vôlei, treinador, dirigente, presidente e diretor de clube. A relação do carioca Bebeto de Freitas com o esporte é antiga, a começar pelo parentesco com duas personalidades do futebol: ele era sobrinho do jornalista João Saldanha, que dirigiu a Seleção Brasileira nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 1970, e primo de primeiro grau de Heleno de Freitas, que atuou pelo Botafogo nos anos 1940 e 1950. (Fonte: O Estado de Minas)

 

Notícias & Opinião lamenta profundamente a morte desde grande nome do esporte nacional e se solidariza com familiares e amigos do Bebeto de Freitas.

Published in Esporte

Praia Clube, SESC/RJ, Minas e Vôlei Nestlé venceram, respectivamente, o Vôlei Bauru, Pinheiros, Fluminense e Hinode Barueri e saem na frente nas quartas de final da Superliga

 

Jogando na manhã deste domingo, 11/03, no Ginásio José Liberatti, em Osasco, as equipes do Vôlei Nestlé e do Hinode Barueri encerraram a primeira rodada dos playoffs da Superliga Feminina de Vôlei. E as quatro primeiras equipes na fase de classificação - Praia Clube, Sesc/RJ, Minas e Vôlei Nestlé -  consideradas, teoricamente, como favoritas das quartas de final, venceram seus jogos de ida.

 

Vitória no clássico

 

Vôlei Nestlé e Hinode

Foto: João Pires/Fotojump

As meninas de Osasco, sob o comando de Luizomar de Moura, sairam na frente ao vencer uma partida bastante equilibrada por 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 28/30, 28/26 e 25/17. Como quarta e quinta colocadas na primeira fase, Vôlei Nestlé e Hinode Barueri confirmaram as expectativas e protoganizaram um grande jogo no José Liberatti, no clássico paulista das quartas de final.

Sob o comando do tricampeão olímpico, José Roberto Guimarães, as meninas de Barueri jogaram muito bem os três primeiros sets, quando deram trabalho às donas da casa e venderam caro as derrotas no primeiro e no terceiro set. Na segunda parcial, o Hinode mostoru superioridade e venceu por 30 a 28. No quarto set, porém, o Vôlei Nestlé foi superior e venceu por 25/17, fechando o placar do primeiro duelo dos playoffs por 3 a 1. A oposto Tandara mais uma vez foi o destaque do jogo. Ela marcou 30 pontos e foi eleita pelo público como a melhor jogadora sendo premiada com o Troféu VivaVôlei Cimed.

 

Vitória do líder

Praia e Bauru

Os confrontos das quartas de final da Superliga começaram na sexta-feira, 9, em Bauru, com a partida entre o Praia Clube (1º colocado) e Vôlei Bauru (8º), no Ginásio Panela de Pressão. Mesmo jogando na casa das adversárias, o time de Uberlândia, líder absoluto da primeira fase, não encontrou dificuldades para vencer mais uma partida. As mineiras venceram por 3 sets a 1, com parciais de 27/25, 21/25, 25/15 e 25/20. A oposto Fawcett foi considerada a melhor jogadora e ficou com o Troféu VivaVôlei Cimed.

 

No Tie Break

Sesc e Pinheiros

Também na sexta-feira, foram à quadra para o primeiro duelo dos playoffs, o Sesc/RJ (2º colocado) e o Pinheiros (7º). O jogo foi realizado no Ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo. E quem pensou que o time carioca, do treinador Bernardinho, fosse vencer com falicidade, enganou-se. Foi uma partida disputadíssima só decidida no tie break. No final, a vitória foi do Sesc RJ por 3 a 2, com parciciais de 19/25, 25/20, 18/25, 25/22 e 18/20. A peruana Peña, oposto do Rio, recebeu o Troféu VivaVôlei Cimed como a melhor jogadora.

 

Vitória do Minas

Minas e Fluminense

Confirmando a sua brilhante arrancada rumo aos primeiros lugares na primeira fase, o Camponesa/Minas (3º colocado), iniciou os playoffs da Superliga com uma tranquila vitória sobre o Fluminense (6º), jogando no Ginásio do Clube Hebraica, no Rio de Janeiro. As mineiras de Belo Horizonte não tiveram dificuldades para vencer a partida por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/23 e 25/21. A ponteira Newcombe foi eleita como a melhor jogadora e recebeu o Troféu VivaVôlei Cimed. (Renato Ferreira)

 

Próximos jogos
Segunda rodada
 
Sexta-feira (16/03)
19h - Praia Clube x Bauru - no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) - Transmissão do SporTV
21h30 - Sesc/RJ x Pinheiros - na Arena Olímpica, no Rio de Janeiro (RJ) - Transmissão do SporTV
 
Sábado (17/03)
15h - Minas x Fluminense - na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) - Transmissão do GloboEsporte.com
17h - Barueri x Osasco - no ginásio José Correa, em Barueri (SP) – Transmissão do SporTV
 
Terceira rodada (se necessário)
 
Segunda-feira (19/03)
Horário a definir - Praia Clube x Bauru - no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG)
Horário a definir - Sesc/RJ x Pinheiros - na Arena Olímpica, no Rio de Janeiro (RJ)
 
Terça-feira (20/03)
Horário a definir - Minas x Fluminense - na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG)
Horário a definir - Osasco x Barueri - no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP)

Published in Esporte
 
Após o fim da acirrada disputa na fase de classificação, começam neste final de semana os playoffs da Superliga Feminina de Vôlei 2017/2018, com as oito melhores equipes do país. O grande líder dessa fase foi o Praia Clube de Uberlândia, que sofreu apenas uma derrota de 3 a 2 para o Sesc Rio. Mas, o jogo já era pela penúltima rodada e, com um set ganho nessa partida, o Praia garantiu antecipadamente o primeiro lugar na primeira fase . Assim, as meninas de Uberlândia chegam aos playoffs com toda força para tentar acabar com a hegemonia de Rio e São Paulo na competição e conquistar o título inédito da Superliga.
 
Praia Clube
Líder absoluto desde o início da competição, com apenas uma derrota, o Praia Clube continua como favorito ao título da Superliga
 
E serão só jogaços nessa fase de playoffs, cujos confrontos ficaram assim definidos: Praia Clube (1º) x Vôlei Bauru (8º); Sesc Rio (2) x Pinheiros (7º); Minas (3º) x Fluminense (6º); e Vôlei Nestlé Osasco (4º) x Hinode Barueri (5º). No sábado passado, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) divulgou a tabela das quartas de final da competição. Os confrontos serãp decididos em melhor de três jogos. Caso seja necessária, a terceira partida será realizada na quadra do time de melhor campanha na fase de classificação. Ou seja, Praia, Sesc Rio, Minas e Vôlei Nestlé terão essa vantagem de decidir em casa.
 
Clássico regional
Osasco x Barueri
Vôlei Nestlé e Hinode, respectivamente, 4º e 5º colocados na primeira fase, com certeza, farão grandes jogos nos playoffs
 
As torcidas de Osasco e Barueri, região Oeste da Grande São Paulo, não vêem a hora de chegar domingo, 11 de março, para aplaudir seus times em mais um jogaço entre Vôlei Nestlé e Hinode, que farão o clássico paulista das quartas de final. Apesar de ser a primeira Superliga do Hinode, o time idealizado e treinado pelo tricampeão olímpico, José Roberto Guimarães, fez uma excelente campanha e já protagoniza uma rivalidade regional com o supercampeão Vôlei Nestlé da vizinha Osasco.
 
Essa rivalidade nasceu no Campeonato Paulista de 2017, quando o Hinode decidiu o título com o Hinode. No primeiro jogo, em Barueri, o Vôlei Nestlé veuceu por 3 a 1, e todos esperavam que o título viesse com mais uma vitória das osasquenses em casa. Ledo engano. Com o Ginásio José Liberatti lotado, o Hinode supreendeu e venceu o jogo por 3 a 2, forçando o golden set, quando, então, o time de Osasco voltou a mostrar superiodade para vencer e conquistar o hexacampeonato paulista. Os dois jogos pela Superliga foram bastante disputados com duas vitórias das osasquenses sob o comando de
 
Então, com essa recente, porém, já grande rivalidade, o que se espera são grandes públicos nos dois primeiros jogos dos playoffs, tanto em Osasco, como em Barueri, e também na terceira partida, caso seja necessária, em Osasco. (Renato Ferreira)
Primeira rodada dos playoffs
 
Sexta-feira (09/03)
19h - Bauru x Praia Clube - no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP) - Transmissão do SporTV
21h30 - Pinheiros x Sesc/RJ - no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo (SP) - Transmissão do SporTV
Sábado (10/03)
10h30 - Fluminense x Minas - no ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ) - Transmissão do SporTV
Domingo (11/03)
10h30 - Osasco x Barueri - no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP) - Transmissão do SporTV
Segunda rodada
 
Sexta-feira (16/03)
19h - Praia Clube x Bauru - no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) - Transmissão do SporTV
21h30 - Sesc/RJ x Pinheiros - na Arena Olímpica, no Rio de Janeiro (RJ) - Transmissão do SporTV
Sábado (17/03)
15h - Minas x Fluminense - na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) - Transmissão do GloboEsporte.com
17h - Barueri x Osasco - no ginásio José Correa, em Barueri (SP) – Transmissão do SporTV
Terceira rodada (se necessário)
 
Segunda-feira (19/03)
Horário a definir - Praia Clube x Bauru - no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG)
Horário a definir - Sesc/RJ x Pinheiros - na Arena Olímpica, no Rio de Janeiro (RJ)
Terça-feira (20/03)
Horário a definir - Minas x Fluminense - na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG)
Horário a definir - Osasco x Barueri - no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP)
Published in Esporte

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.