Quinta, 18 Janeiro 2018 | Login

Na madrugada deste sábado (04/03), uma estudante de direito, de 26 anos, foi detida em flagrante enquanto pichava o muro de um estacionamento na Rua Santo Antônio, no Centro de São Paulo. Ela é a primeira pessoa a ser multada após a regulamentação da Lei Cidade Linda, publicada no Diário Oficial neste sábado. A nova lei foi aprovada pela Câmara Municipal de São Paulo e sancionada pelo prefeito João Dória em fevereiro. 

Conforme boletim de ocorrência, a jovem foi flagrada pela Guarda Civil Metropolitana e levada para o 8º Distrito Policial, no Brás. Segundo a Prefeitura, a lei prevê multa de R$ 5 mil para o autor da pichação, valor que pode chegar até R$ 10 mil se o ato for contra patrimônio público ou bem tombado pelo Patrimônio Histórico. A acusada poderá responder pelo crime de vandalismo.

Ainda segundo informações da Prefeitura, se o infrator assinar um Termo de Compromisso de Reparação da Paisagem Urbana e cumprir o compromisso antes do vencimento da multa, ele poderá ficar isento da aplicação da multa. O infrator deverá aderir a um programa educativo de incentivo ao grafite.

Regulamentação da lei

O pichador que for autuado pela Prefeitura de São Paulo terá um prazo variável de até seis meses para fazer os reparos no bem atingido e assim escapar da multa de até R$ 10 mil. O prazo está previsto na regulamentação da lei publicada neste sábado no Diário Oficial. 

A regulamentação não detalha como exatamente será definido o prazo. Diz apenas que ele será “variável conforme o dano a ser reparado, não podendo ser superior a 6 meses”.

A lei sancionada por Doria em fevereiro representa uma das bandeiras do prefeito no início da sua gestão: a guerra aos pichadores. O tema gerou polêmica principalmente após o prefeito apagar grafites na Avenida 23 de Maio que tinham sido feitos por artistas contratados pela administração pública em 2015. O prefeito afirma que os grafites estavam pichados.

Agora, a multa para quem for pego danificando fachadas particulares é de R$ 5 mil, valor que sobe para R$ 10 mil em se tratando de bem público.

Até o vencimento da primeira notificação da multa, o infrator pode, porém, procurar a prefeitura regional e firmar um “Termo de Compromisso de Reparação da Paisagem Urbana”. Ele terá preferencialmente de retirar a pichação feita ou então realizar um trabalho de zeladoria equivalente indicado pela administração municipal.

O dinheiro da multa vai para o Fundo de Proteção ao Patrimônio Cultural.

Em fevereiro, Doria disse que a cidade terá em breve 2.500 câmeras integradas ao Copom da Policia Militar através do Detecta para reforçar a fiscalização contra os pichadores.

Mais de 80 pichadores foram presos desde o início do ano.

Veto

O prefeito vetou um parágrafo que previa a aplicação da multa de R$ 5 mil para cada edificação ou equipamento público pichado. Isso impede que o pichador receba mais de uma multa caso ele seja flagrado pichando mais de um muro. O texto aprovado pela Câmara Municipal na semana passada previa a punição para cada item danificado.

Segundo Doria, a aplicação de multas individualizadas para cada item não respeita os limites da "razoabilidade e da proporcionalidade". (Fonte: G1)

 

Após reformular sua equipe de trabalho e modernizar suas instalações, o Portal do Trabalhador de Osasco, unidade Centro, retoma suas atividades e reabre as portas para atender a toda população neste dia 8 de março, às 8h, com a presença do prefeito Rogério Lins e apresentação da Banda Sinfônica do Conservatório Villa Lobos.

Fechado na gestão anterior e sem atendimentos desde então,o Portal deixou inúmeros osasquenses sem auxílio em diversas demandas importantes, como intermediação de mão de obra, emissão da carteira de trabalho, seguro-desemprego, Programa Bolsa Família, entre outros.

Inaugurado em 2006, na sede da Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), o Portal do Trabalhador se consolidou como um importante equipamento público de fomento às políticas públicas municipais de geração de emprego, trabalho e renda, e à intermediação de mão de obra entre trabalhadores e empresas sediadas em nossa cidade. Nesses 11 anos de atuação, o espaço já atendeu, aproximadamente, dois milhões de cidadãos e cidadãs, inserindo mais de 64.000 mil pessoas no mercado de trabalho formal.

De acordo com o prefeito Rogério Lins, a volta do Portal simboliza um importante passo para Osasco. “Em um cenário de recessão econômica como o vivido pelo país, atualmente, é muito importante garantir os serviços voltados ao trabalhador. Por isso nossa gestão se empenhou na reabertura do Portal.”, explica Lins. “Com a retomada das atividades, contamos com as empresas de nossa cidade e com todos os osasquenses, pois acreditamos que a construção de um cenário de elevação do emprego formal e crescimento da economia de nossa cidade é uma tarefa coletiva", finaliza. (Texto: Julio Oliveira - SECOM/PMO)

Em 2015, a jovem deputada de Barueri já havia sido escolhida como vice-presidente da mesma comissão

 

A deputada Federal Bruna Furlan (PSDB-SP) vai presidir a Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados. Terceira deputada mais votada nas eleições de 2014, em seu primeiro ano de mandato, a jovem parlamentar paulista, representante de Barueri e da região Oeste no Congresso, já havia sido escolhida como vice-presidente da mesma comissão. 

Sempre muito interessada e ligada aos assuntos internacionais, em 2016, Bruna Furlan presidiu a Comissão Especial para análise do Projeto de Lei de Imigração no Brasil, aprovado em dezembro. O texto revoga o Estatuto do Estrangeiro, criado no regime militar e considerado por especialistas como punitivo e inadequado. Por outro lado, a nova Lei garante a desburocratização para entrada de estrangeiros no país, como também a segurança de brasileiros no exterior.

Bruna Furlan em Israel

No recesso do carnaval, Bruna aproveitou para visitar Israel, onde participou de várias atividades políticas, como seminários e encontros com líderes palestinos e israelesnses,. A deputada tucana visitou também importantes empresas públicas e de tecnologia de Israel, como a usina de dessalinização em Sorek. (Fonte: Osasco Notícias)

 

Nesta quinta-feira (02/03, o presidente Michel Temer escolheu o líder do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP), para assumir o Ministério das Relações Exteriores. Nunes substituirá o também senador tucano José Serra, que pediu demissão do comando do Itamaraty alegando problemas de saúde.

 

Temer e o Aloysio Nunes se reuniram da tarde de hoje, no Palácio do Planalto, quando foram fechaos os últimos detalhes da indicação. Como novo chanceler, caberá a Aloysio Nunes representar o Brasil em compromissos internacionais e junto a embaixadas estrangeiras no Brasil, além de chefiar as delegações brasileiras no exterior. Em maio, depois que Temer assumiu a Presidência, ainda na interinidade, Nunes foi escolhido para a liderança do governo no Senado. Segundo informações do Governo, Aloysio Nunes e o novo ministro da Justiça e Segurança Pública, Osmar Serraglio, indicado há uma semana, tomarão posse na próxima terça-feira (7), às 15h30.

 

O anúncio de Aolysio Nunes como titular das Relações Exteriores foi feito nesta tarde pelo porta-voz da Presidência, Alexandre Parola. Segundo ele, o parlamentar é um homem público com "larga experiência política" no Executivo e no Legislativo e possui uma "longa trajetória" em defesa das causas da diplomacia brasileira e da agenda internacional do Brasil.

"Seu período como presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado é exemplo claro do elevado valor e das importantes contribuições que o senador Aloysio Nunes traz para a promoção e a defesa dos interesses de nossa política externa", afirmou o porta-voz.

 

Perfil do novo ministro

Aloysio Nunes Ferreira, 71 anos, é senador desde 2011. Na eleição presidencial de 2014, concorreu como vice-presidente da República na chapa encabeçada pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), que chegou ao segundo turno mas acabou sendo derrotado pela chapa Dilma Rousseff/Michel Temer. Além de ter exercido mandatos de deputado estadual e federal por São Paulo, o tucano Ferreira foi vice-governador do estado de 1991 a 1994.

No governo do tucano Fernando Henrique Cardoso, Aloysio Nunes foi ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, de 1999 a 2001, e comandou o Ministério da Justiça, em 2001 e 2002. Formado em direito pela Universidade de São Paulo, o novo ministro ficou exilado na França no período da ditadura militar, onde se formou em economia política e fez mestrado em ciência política pela Universidade de Paris. No lugar de Aloysio Nunes no Senado, assumirá o primeiro suplente, Airton Sandoval (PMDB-SP). (Fonte: Agência Brasil)

Na próxima fase, os tricolores vão enfrentar o ABC, enquanto os corintianos terão pela frente o Luverdense.

PSTC, parece sigla de Partido político, não é mesmo? Mas, o PSTC é um time do Paraná, que enfrentou o São Paulo nesta quarta-feira (01/03), pela segunda fase da Copa do Brasil, no Estádio do Café, em Londrina. E o desconhecido time paranaense, da cidade de Cornélio Procópio, chegou a preocupar a torcida sãopaulina, quando empatou a partida em 2 a 2, depois de estar perdendo por 2 a 0 para o Tricolor.

Mas, apesar de ter cedido o empate, o São Paulo venceu por 4 a 2, em noite do meio-campista Cícero que marcou três gols. O quarto gol tricolor foi marcado por Cueva de pênalti. Os gols do  PSTC, que significa "Soccer Technical Center",  foram marcados por Lucão e Carlos Henrique. Agora, na terceira fase da Copa do Brasil, o Tricolor vai enfrentar o ABC, de Natal, que derrotou o Osasco Audax nos pênaltis. 

Corinthians vence nos pênaltis

Corinthians e Brusque

E quem sofreu também para se classificar nesta quarta-feira pela Copa do Brasil, foi o Corinthians, que enfrentou o Brusque, em Santa Catarina. Só que, ao contrário do São Paulo que conseguiu vencer por goleada nos 90 minutos, o Corinthians chegou bem perto da desclassificação. Depois de empatar em 0 a 0 no tempo normal, a decisão foi para as penalidades, e o Brusque chegou a fazer 4 a 3 e podia se classificar, caso convertesse o quinto pênalti que não aconteceu.  

Na segunda etapa dos pênaltis, João Carlos, do Brusque, acertou o travessão e viu o seu time sair da competição, nos sexto pênalti corintiando, convertido pelo paraguaio Romero. Na terceira fase da Copa do Brasil, os corintianos vão enfrentar o Luverdende, da cidade de Lucas do Rio Verde (MS). 

A escola de samba é recordista do carnaval carioca com 22 títulos.

Foi uma explosão de alegria. Nesta quarta-feira (01/03),a vitória, depois de mais de 30 anos sem títulos, causou uma explosão de alegria nos dirigentes e integrantes da Escola de Samba Portela, campeã do carnaval de 2017 no Rio de Janeiro. E lá também, como já havia ocorrido em São Paulo com a Acadêmicos do Tatuapé,, a vitória da Portela saíu também no segundos finais da apuração. Como disse o presidente da agremiação, Luis Carlos Magalhães, a escola tirou um peso das costas.

"A Portela agora vai ter paz para ser a grande escola que tem que ser", gritou ele emocionado. Magalhães aproveitou a oportunidade para homenagear seu antecessor, Marcos Falcon, que foi assassinado em 2016. Segundo ele, Falcon foi um dos principais responsáveis pela volta da escola ao topo do pódio na Sapucaí. A Portela levou ao Sambódromo um enredo que contou a relação histórica entre a humanidade e os rios, passando também por lendas e religiões.

"Não é possível deixar de falar dele, que trouxe de volta a autoestima da Portela, que trouxe de novo a vitória", disse o presidente da escola, que também agradeceu aos baluartes da Portela e também ao carnavalesco Paulo Barros. "Eu não sei se o Paulo Barros continua. Eu sei que ele vai arranjar um problema se ele sair, porque vai todo mundo atrás dele".

A coordenadora da área de compositores da Portela, Jane Garrido, não conseguia conter as lágrimas e levava a mão ao peito quando falava sobre o título. "É uma sensação de merecimento e de reconhecimento do trabalho. Foi reconhecido que esse era o melhor samba, que ganhou 30 pontos e ajudou a gente vencer esse campeonato", comemorou ela. "Faço questão de ir para casa e saber que eu não sonhei, que eu sou campeã. A gente merece isso".

Mocidade de Padre Miguel

A Portela venceu em uma disputa acirrada com a Mocidade de Padre Miguel, que só ficou para trás no último quesito, o enredo. Um dos destaques da escola vice-campeã foi a comissão de frente, que fez o personagem Aladdin voar em um tapete mágico pela avenida. O quesito atingiu os 30 pontos na apuração e o coreógrafo Saulo Finelon festejou a colaboração para o bom resultado da escola.

"Foi um trabalho árduo e é muita responsabilidade. Mas fizemos com afinco e disciplina. Acho que nosso trabalho realmente teve muito êxito, não tenho nem o que falar", disse ele, que contou ter recebido elogios do Brasil todo e de outros coreógrafos. (Fonte: Agência Brasil)

Quarta, 01 Março 2017 00:00

Rio de Janeiro completa hoje 452 anos

 

Nesta quarta-feira, 1º de março, a cidade do Rio de Janeiro completa 452 anos de fundação. Muitos podem perguntar o que se comemora no dia 20 de janeiro, que para muitos é também o aniversário do Rio. Mas, na verdade, no 20 de janeiro, comemora-se o aniversário de São Sebastião, o padroeiro da cidade.

Hoje, com certeza, muitos cariocas, talvez, desejassem como presente um pouco de chuva sobre a Cidade Maravilhosa, pois, o calor, como sempre, está muito forte na capital fluminense. Mas, por outro lado, certamente, os turistas estão adorando o calorão e as praias cariocas.

E para comemorar os seus 452 anos, o Rio conta com diversos eventos culturais e muita música. 

Às 10h, no Monumento a Estácio de Sá, na Praia de Botafogo, Zona Sul do Rio foi promovido um concerto da Banda da Guarda Municipal. Houve também a participação do Coral Uma Só Voz, formado por moradors de rua.

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, que se absteve de participar de todos os eventos oficiais do carnaval, um dos maiores eventos da cidade, confirmou presença na programação desta manhã. A secretária da Cultura, Nilcemar Nogueira havia confirmado sua presença no evento na Praia do Botafogo. 

Além da celebração musical durante o dia, à noite, o Cristo Redentor, um dos principais símbolos da Cidade Maravilhosa, será iluminado de azul.

 Em 2018, as torcidas organizadas estarão ainda mais fortes no Sambódromo do Ahembi: Além das escolas Gaviões da Fiel, Mancha Verde e Dragões da Real, vice campeã deste ano, o Grupo Especial terá também a Independente Tricolor.

 

Aplausos, risos e choros! Foi assim que diretores, sambistas, adeptos e torcedores da escola de samba Acadêmicos do Tatuapé comemoraram o primeito título da agremiação no carnaval de São Paulo, nesta terça-feira (28/02). E foi uma vitória suada, conseguida apenas na última nota. Com a homenagem ao continente africano, a Acadêmicos do Tatuapé conseguiu nota dez em quase todos os quesitos e conquistou o primeiro lugar na disputa.

A escola de samba teve como tema Mãe África Conta a Sua História: Do Berço Sagrado da Humanidade à Abençoada Terra do Grande Zimbabwe. Apenas nos últimos instantes os membros e torcedores da escola puderam comemorar o resultado.

Até a nota do penúltimo jurado, quem vencia era a escola Dragões da Real. Com uma homenagem à famosa música do cantor Luiz Gonzaga, a escola que ficou em segundo lugar teve o tema: Dragões Canta Asa Branca.

As notas, lidas n tarde desta terça-feira no Sambódromo do Anhembi, foram atribuídas por 36 jurados, quatro para cada um dos nove quesitos.

Na última e penúltima colocação, as escolas Águia de Ouro e Nenê de Vila Matilde foram rebaixadas para o Grupo de Acesso. De acordo com as regras, os critérios de desempate seguiram a ordem inversa dos quesitos que foram anunciados: fantasia, bateria, comissão de frente, mestre sala e porta bandeira, harmonia, alegoria, evolução, enredo e samba enredo.

Samba e futebol

A escola X-9 Paulistana foi a escola campeã do Grupo de Acesso do carnaval de São Paulo. A Independente Tricolor ficou em segundo lugar e também subiu para o grupo de elite em 2018. Com isso, no ano que vem, o carnaval de São Paulo terá quatro escolas oriundas de torcidas organizadas de futebol.:Independente Tricolor, Dragões da Real, Mancha Verde e Gaviões da Fiel.

No ano passado, a escola Império da Casa Verde, que começou a apuração em primeiro lugar, foi a campeã do grupo especial. (Fonte: Agência Brasil)

No acordo de delação premiada, a empreiteira Odebrecht disse que repassou, via caixa 2, cerca de R$ 30 milhões para a chapa Dilma-Temer em 2014.

 

Nesta quarta-feira (01/03), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa a ouvir depoimentos de delatores da Odebrecht na ação em que investiga se a chapa formada por Dilma Rousseff e Michel Temer cometeu abuso de poder político e econômico nas eleições presidenciais de 2014. A ação poderá levar à cassação do presidente Temer e à inelegibilidade da ex-presidente Dilma.

O primeiro a ser, hoje, ouvido será o ex-presidente e herdeiro do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), em Curitiba, onde, o empresário encontra-se detido.

Benedicto Barbosa da Silva, ex-presidente da construtora Norberto Odebrecht, e Fernando Reis, ex-presidente da Odebrecht Ambiental, darão depoimento na quinta-feira (2) no Rio de Janeiro. Na segunda-feira, em Brasília, será a vez dos ex-diretores de Relações Institucionais da Odebrecht Cláudio Melo Filho e Alexandrino Alencar prestarem depoimentos no TSE.

O relator da ação de investigação judicial eleitoral (AIJE), ministro Herman Benjamin, corregedor-geral da Justiça Eleitoral, estará presente em todas as oitivas. Ao decidir ouvir os delatores, Herman busca reforçar o seu relatório, que já estava em fase final de preparação.

Consequências


Para advogados que têm acesso ao caso, esta inclusão tem dois efeitos: as revelações dos delatores podem atingir o presidente Michel Temer, mas o julgamento do caso deve demorar mais para ocorrer na corte eleitoral. Isto porque se os delatores fizerem observações sobre a campanha do peemedebista, a defesa deverá convocar testemunhas para contrapor as declarações dos delatores.

Segundo informações, a Odebrecht contou, no acordo de delação, que repassou, via caixa 2, cerca de R$ 30 milhões para a chapa Dilma-Temer em 2014. Os recursos, segundo os delatores, foram usados para comprar apoio de PRB, PROS, PCdoB, PP e PDT. O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, é citado na delação de Alexandrino como um dos que negociou repasse de R$ 7 milhões do caixa 2 da empresa para o PRB. Pereira nega.

Inicialmente, o ministro Herman Benjamin havia solicitado ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a autorização para ouvir três relatores - Marcelo Odebrecht, Cláudio Melo Filho e Alexandrino Alencar. Depois, o próprio Janot, no entanto, sugeriu que fossem ouvidos Benedicto Barbosa da Silva e Fernando Reis, afirmando que eles também relataram fatos relacionados à campanha de 2014.

Defesa


Ao saber que os novos depoimentos foram marcados, a defesa de Dilma Rousseff afirmou que não tem "nada a temer". Já o Palácio do Planalto disse que não se manifestaria sobre o assunto. A defesa de Michel Temer também não se manifestou sobre os novos rumos do caso na Justiça Eleitoral. (Fonte: O Estado de Minas - Site UAI)

Domingo, 26 Fevereiro 2017 00:00

O lixo deixado pelos foliões

 

O carnaval produz tanto lixo quanto alegria no Brasil.  Os garis da Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) recolheram 164 toneladas de lixo nos trajetos dos blocos carnavalescos, nos bailes de rua e nos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí,  ontem (25), primeiro dia do carnaval carioca.

De acordo com a prefeitura, a maior parte dessa montanha de resíduos (75 toneladas) foi recolhida após a passagem dos blocos.

Apenas no Cordão da Bola Preta, por exemplo, que desfilou no centro da cidade, com um público estimado em 1 milhão de pessoas, foram recolhidas 29 toneladas de lixo. No bloco das Favoritas, que também reuniu milhares de pessoas, foram 15 toneladas.

Durante o desfile das escolas de samba da Série A, a segunda divisão do carnaval carioca, no Sambódromo, foram recolhidas 41 toneladas, enquanto que as festas e bailes de rua geraram 42 toneladas de resíduo sólido, principalmente na zona Oeste da cidade (Fonte: Agência Brasil)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.