Quarta, 20 Junho 2018 | Login
"Não tenho medo de petistas; nem de vigaristas", diz João Doria durante evento em Barueri

"Não tenho medo de petistas; nem de vigaristas", diz João Doria durante evento em Barueri Featured

 

O ex-prefeito de São Paulo, João Doria, pré-candidato ao governo do Estado pelo PSDB, participou na noite desta sexta-feira, 04/05, de um mega evento de sua pré-campanha na cidade de Barueri, que contou com a presença de um grande público na Câmara Municipal da cidade. O prédio do Legislativo ficou pequeno para abrigar cerca de três mil pessoas que lotaram o Plenário e também outras dependências com telões.

Doria em Barueri

Organizado pelo prefeito Rubens Furlan (PSDB), o evento contou com a presença de deputados Federais, Estaduais, vereadores de Barueri e região, prefeitos e lideranças tucanas e também de outros partidos da região Oeste e também do Interior do Estado.

Após a fala de Deputados e Prefeitos, João Doria pegou o microfone e com a sua já conhecida capacidade de oratória dominou a plateia. Falou de suas propostas, caso seja eleito governador, defendendo o apoio à livre iniciativa e o combate à burocracia que, em sua opinião, é uma das características de uma máquina estatal inchada e um o entrave contra o desenvolvimento do Brasil.

Doria em Barueri 3 Bandeira

O pré-candidato tucano ficou pouco tempo falando da tribuna da Câmara de Barueri. Surpreendendo até mesmo os demais membros da Mesa, Doria desceu e foi para o meio da plateia, onde fez várias críticas ao Lula e aos governos petistas. "Vou para o meio de vocês, porque eu falo a verdade. Não tenho medo de petistas e vigaristas. E também não quero mais o Lula, não quero mais o PT. Eu quero o Brasil para os brasileiros", disse Doria, tremulando a Bandeira do Brasil.

Dentre outras autoridades, participaram desse grande evento da pré-campanha de Doria, em Barueri, além do prefeito anfitrião, Rubens Furlan, Elvis Cezar (PSDB), prefeito de Santana de Parnaíba, e presidente do Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana); Fernando Fernades (Taboão da Serra), Rogério Franco (Cotia); Igor Soares (Podemos), de Itapevi; os deputados Federais Ricardo Tripoli e Bruna Furlan (PSDB), o Deputado Estadual Marcio Camargo (PSDB), o médio e vereador, Elissandro Lindoso (PSDB), presidente da Câmara Municipal de Osasco; e Cládio Piteri (PPS), ex-vice-presidente da Fundação Casa e pré-candidato a deputado Estaduall. (Renato Ferreira)

Apos o evento, João Doria e Rubens Furlan falaram com a imprensa. Notícias & Opinião cobriu o evento.

Veja o vídeo aqui: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1708979712525595

000

About Author

Related items

  • "As reformas de Temer precisam ser derrubadas", diz Boulos, pré-candidato do PSOL

     

    Guilherme Boulos diz que se vencer as eleições, vai aumentar impostos para os ricos e derrubar medidas de Temer, como a reforma trabalhista

     

    Nesta terça-feira, 12/06, o pré-candidato à Presidência da República pelo PSOL, Guilherme Boulos, esteve em Osasco, na região Oeste da Grande São Paulo, onde participou do Ciclo de Entrevistas – Eleições 2018. O evento é uma realização do Jornal Diário da Região em conjunto com a AmeCom(Associação Metropolitana de Comunicação) e ADJORI-SP (Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo).

    Durante a coletiva, Boulos não apresentou novidades em relação ao que vem pregando em termos de propostas, caso seja eleito presidente da República nas eleições de outubro. O pré-candidato do PSOL reiterou que se chegar ao Palácio do Planalto, uma de suas primeiras medidas será convocar um plebiscito para revogar as medidas tomadas pelo governo de Michel Temer, como a reforma trabalhista.

    Guilherme Boulos disse também que é a favor do financiamento público de campanha e que vai propor uma reforma tributária para aumentar os impostos dos ricos e diminuir a carga tributária para os brasileiros mais pobres. "Mas, não basta apenas o financiamento público para acabar com os problemas da corrupção no Brasil. Temos que mudar o sistema político, separando o público do privado. Caso eu seja eleito, convocarei um plebiscito para revogar todas as medidas tomadas pelo governo golpista de Temer, principalmente, essa reforma trabalhista, um verdadeiro retrocesso para os trabalhadores brasileiros", disse o pré-candidato.

    Mesmo sendo uma das principais lideranças da esquerda, Guilherme Boulos não se considera um candidato das esquerdas e nem mesmo um plano B do Partido dos Trabalhadores. "A nossa candidatura não depende de outras. Primeiro, acho legítima a candidatura do Lula. Ele foi preso sem provas e o Judiciário não pode impedir que ele seja candidato. Então, o PT tem as suas propostas e a nossa candidatura representa um novo projeto do PSOL e é isso que estamos levando a toda a população do país, participando de debates, entrevistas e palestras em Universidades".

    Fundador e coordenador do MTST (Movimento dos Trabalhadores sem Teto), Guilherme Boulos, negou que o MTST promova e cobre aluguel dos sem teto. Ele criticou ainda os rumos tomados pelo programa Minha Casa, Minha Vida. "As pessoas invadem os prédios, não porque elas querem e, sim, porque elas não têm outra opção oferecida pelo governo. Quanto ao Minha Casa, Minha Vida, ele teve o seu mérito em apresentar recursos para moradias populares, que o brasileiro não tinha desde os anos 1980 pelo BNH. Só que esses recursos foram repassados para as construturas sem um planejamento, por isso, elas construíram as casas em locais que não atendiam à demanda e nem as necessidades das pessoas. Isso tem que ser modificado e vamos mudar", afirmou Boulos. (Renato Ferreira)

  • Prevenção e planejamento estratégico: ações de combate aos crimes em Barueri
    Visando combater a criminalidade em Barueri, a Guarda Civil Municipal tem realizado um trabalho com muito foco e planejamento estratégico, buscando sempre a segurança do munícipe diariamente. Antes de ir às ruas, a equipe da Romu (Ronda Ostensiva Municipal), por exemplo, participa de uma reunião que apresenta os pontos de patrulhamento e as áreas que possuem maior índice de ocorrências, para que sejam acompanhadas de perto.
    Esse procedimento visa inibir a ação dos bandidos e quaisquer outros problemas que possam surgir eventualmente, ou seja, um trabalho preventivo de combate à criminalidade, que já tem dado exceentes resultados. Exemplos disso eram os chamados “pancadões” e bailes funks que importunavam muitos moradores. Eles não são mais problemas em Barueri desde que a Guarda Civil Municipal atuou preventivamente, checando os pontos de encontro e enviando viaturas aos locais antes dos eventos. Aos poucos, as badernas diminuíram sem nenhum confronto ou risco à população.
    A Romu realiza treinamento diário sobre conduta de patrulha, abordagem e contraemboscada. Essas são algumas maneiras de manter os agentes atualizados e seguros na legalidade de suas ações. O patrulhamento tático também tem cooperado fortemente para estancar a criminalidade na cidade.
    Parte da rotina da corporação são ocorrências de tráfico de entorpecentes. Na quarta-feira (30 de maio), véspera de feriado, a Romu recebeu denúncia do bairro Recanto Phrynea e uma equipe, ao realizar o patrulhamento pela alameda Antuérpia, abordou dois jovens que condiziam com o relatado. Com L.H.A.S (18 anos) e M.G.B.S (20 anos) foram encontrados 60 pinos de cocaína. Foi dada voz de prisão e os jovens infratores foram conduzidos ao 1º Distrito Policial de Barueri.
    Barueri prevenção contra o crime 2
     
    Cenas como essa são cotidianas. Não é raro encontrar menores de idade traficando e é justamente neles que a Guarda tem reforçado o patrulhamento. “Todos os dias vamos às ruas combater o crime. Já reduzimos muito os índices de ocorrências e trabalhamos duro para que cada cidadão tenha mais segurança na cidade”, comentou o inspetor Leandro Jesus, diretor do Departamento Técnico de Ações Especializadas da GCMB. (SECOM/PMB)
  • Temer desiste de reeleição e anuncia apoio a Meirelles
    Com certeza, uma notícia que nada ou quase nada influencia na corrida eleitoral, uma vez que o Presidente tem mais de 90% de desaprovação popular
     
     
    Durante reunião do MDB nesta terça-feira, 22/05, o presidente Michel Temer anunciou que apoiará a candidatura do seu ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles à Presidência da República. Com a declaração, Temer desiste oficialmente de se candidatar à reeleição.
     
    “Chamamos você, Meirelles, para ser presidente do Brasil”, disse. "Que você seja o único candidato de centro a continuar o que começamos", disse Temer.
    Na reunião dos emedebistas, presidente Michel Temer fex também o lançamento do documento "Encontro com o Futuro". Em seguida, declarou seu apoio a Merelles. Nos meios políticos, os comentários são de que Temer tomou essa decisão pelos seus péssimos índices nas pesquisas e também devido às novas investigações contra ele no STF (Supremo Tribunal Federal).

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.