Quinta, 22 Novembro 2018 | Login
Lindoso trabalha em silêncio e confirma pré-candidatura

Lindoso trabalha em silêncio e confirma pré-candidatura Featured

Vereador e presidente da Câmara Municipal de Osasco, o médico Elissandro Lindoso está confirmado como pré-candidato a deputado estadual pelo PSDB
 
O Dr. Lindoso, como é conhecido, é um nome novo na política de Osasco e região Oeste da Grande São Paulo, porém, já tem bagagem e experiência de um político veterano. Com bom trânsito nas diversas instâncias do partido, ele já tem a legenda garantida como um nome para unir o partido em Osasco e região. “As coisas aconteceram naturalmente, temos uma imensa responsabilidade sobre nossos ombros e eu nunca fui homem de fugir das responsabilidades seja na vida pessoal, na carreira de médico e de político”, declara o vereador tucano, que busca uma cadeira na Assembleia Legislativa.
Conforme o vereador explicou, o trabalho em silêncio é um critério que ele sempre usa para grandes decisões. “É preciso ouvir as pessoas, construir uniões, desenvolver um bom diálogo e sempre, sob a inspiração de Deus, colocar o bem comum como um valor maior”, declara o Dr, Lindoso
Trajetória profissional e política
Elissandro Lindoso nasceu no dia 24 de janeiro de 1977 na cidade de São Luís, capital do Maranhão. Fez residência médica de Oftalmologia em Sorocaba obtendo o primeiro lugar. Fez doutorado na Universidade Federal de São Paulo e ganhou o prêmio Jovem Cientista em 2008.
Na vida política, o vereador Lindoso começou com êxito. Foi o vereador mais votado em Osasco na eleição de 2016. Em seguida foi eleito presidente da Câmara de Osasco e da Câmara Oeste de Vereadores da Região Metropolitana do Estado de São Paulo. “Foi uma responsabilidade a mais que Deus colocou no meu caminho”, diz ele.
Medidas de austeridade
Diante da responsabilidade de presidir o Legislativo da segunda maior cidade do Estado de São Paulo, Lindoso não se intimidou. Ao contrário, adotou medidas de austeridade, como a implantação do ponto biométrico, a devolução dos celulares corporativos, o cancelamento da renovação do aluguel dos carros destinados a vereadores, a revisão de todos os contratos com redução de seus valores de 50%, entre outras. E como resultado de todo esse conjunto de medidas, obteve uma economia de R$ 17 milhões, a maior da história do Legislativo osasquense. O dinheiro foi devolvido ao Poder Executivo com recomendação para aplicação especialmente na área da Saúde. (Fonte: Assessoria)
000

About Author

Related items

  • Prefeitura de Osasco trocará componentes de junta de dilatação dos viadutos Fuad Auada e Tancredo Neves
     
    A Prefeitura de Osasco já está organizando o processo licitatório para a contratação de empresa especializada em manutenção de pontes e viadutos para realizar a troca da cinta emborrachada que reveste a junta de dilatação do Complexo Viário Fuad Auada (pista sentido Centro-Rochdale) e do Viaduto Tancredo Neves (km 18-Jardim Piratininga). A estimativa é de que os trabalhos sejam iniciados entre dezembro e janeiro.
    A pista do viaduto Fuad Auada tem cerca de 12 metros de largura e o espaço entre uma ponta e outra da estrutura de concreto armado que forma o piso aproximadamente 15 centímetros. A pista do Tancredo Neves tem cerca de 8 metros de largura. É entre as estruturas que está situada a chamada junta de dilatação e é nela que será instalada a nova cinta de borracha.
    A junta de dilatação serve para evitar que as partes da estrutura tenham contato, para suportar os movimentos decorrentes de retrações e dilatações e também ajuda a manter a elasticidade do piso sem causar trepidações.
    Rogério Lins no viaduto 2
     
    Acompanhado do secretário Cláudio Monteiro e de engenheiros da Secretaria de Obras e da Defesa Civil, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, vistoriou o local na segunda-feira, 19/11, e pediu celeridade no processo.
    “O viaduto não tem nenhum problema estrutural, conforme os próprios engenheiros já nos asseguraram em visitas anteriores. O material apenas sofreu o desgaste natural da ação do tempo. Essa fenda na junta de dilatação é normal em qualquer viaduto no mundo. A população pode ficar despreocupada. Tentaremos fazer essa troca o mais rapidamente possível”, disse o chefe do Executivo. (Texto: Marco Borba - Imagens: Ítalo Cardoso/Secom)
     
  • MANUTENÇÃO: Prefeitura de Osasco nega risco em viaduto e descarta interdição

     

    Segundo postagem do prefeito Rogério Lins em sua página do Facebook, nesta terça-feira, 20/11, a Prefeitura de Osasco descarta qualquer tipo de risco de queda na alça de um viaduto do Complexo Viário Fuad Auada, que apresenta fissura na junta de dilatação.

    Conforme publicamos também nesta segunda-feira -https://bit.ly/2ziSjxu -, por solicitação do vereador Ralfi Silva, o engenheiro Marcio Stuani elaborou um laudo técnico recomendando a realização obras urgentes para evitar o agravamento do problema.

    Rogério Lins no viaduto 3

    Hoje, de manhã, acompanhado de engenheiros da Defesa Civil e da Secretaria de Obras do Município, Rogério Lins esteve no local, onde fizeram fazendo vistoria e constataram que "não há risco no viaduto".

    Rogério Lins no viaduto

    "Não há problema estrutural em suas vigas de sustentação, como no caso do viaduto de SP.

    A borracha da junta de dilatação que teve desgaste natural, já está sendo licitada e será substituída nos próximos dias.

    Segundo os engenheiros e laudo da Defesa Civil, o desgaste da junta não oferece risco à população, inclusive, afirmam não ser caso de interdição", afirma Rogério Lins. .

  • MANUTENÇÃO: Engenheiro recomenda obras urgentes em viaduto de Osasco

     

    Em meados de setembro deste ano, o vereador Ralfi Silva (Podemos), de Osasco, recebeu uma denúncia sobre uma anomalia (fissura) no Viaduto do Complexo Fuad Auada sobre o Rio Tietê. A fissura foi constatada na alça que liga as zonas Sul e Norte e acesso à Rodovia Castelo Branco sentido Interior. Na época, ele foi ao local e conferiu a veracidade da denúncia.

    Ralfi

    Vereador Ralfi Silva, de Osasco

    No último domingo, 18/11, devido ao incidente no viaduto da Marginal Pinheiros, o vereador voltou ao local e constatou que fissura tinha aumentado, fato que levou Ralfi Silva a solicitar um laudo ao engenheiro Marcio Stuani, a fim de pedir providências à Prefeitura de Osasco.

    Engenheiro Márcio Stuani

    Engenheiro Marcio Rogerio Stuani

    Nesta terça-feira, acompanhado engenheiro, Ralfi Silva distribuiu cópia desse laudo aos jornalistas na Câmara Municipal. O documento será apresentaddo aos demais vereadores na sessão ordinária da próxima quinta-feira, dia 22.

    Viaduto de Osasco fissura

    Fissura na junta de dilatação do viaduto

    Na página 7 do laudo, sobre o grau de Gravidade da Ocorrência, o engenheiro afirma: "Conforme os anexos, chegamos à conclusão de que os danos causados à obra de arte são considerados altos, com implicação de serem agravados com o passado do tempo, podendo até levar ao colapso estrutural (levando a uma roptura ou queda do viaduto em questão)".

    O jornalista Renato Ferreira, de Notícias & Opinião, conversou com o vereador Ralfi Silva e com o engenheiro Marcio Stuani, que dá mais detalhes sobre o viaduto de Osasco e também fala sobre a ponte que cedeu na Marginal Pinheiros. (Renato Ferreira)

    Confira o vídeo da entrevista aqui: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/2045345322222364?

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.