Print this page
Temer continua

Temer continua Featured

 

Nesta quarta-feira (02/08, a Câmara dos Deputados rejeitou a denúncia contra o presidente Michel Temer. Com o placar de 264 votos contrários à denúncia e 227 a favor, os deputados aprovaram o parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que já havia sido aprovado na Comissão de Constituição e Justiça contra a admissibilidade da denúncia. O governo precisaria de 172 votos sim ao parecer da CCJ para arquivar a denúncia. E o voto de número 172 foi da deputada Rosângela Gomes (PRB-RJ). 

 plenario da camara rejeita denuncia contra temer

Com o resultado, a Câmara dos Deputados não aprova a admissibilidade para que o Supremo Tribunal Federal (STF) investigue Michel Temer durante o mandato. Assim, a denúncia é suspensa e só pode ser retomada depois que Temer deixar a Presidência da República, no dia 31 de dezembro de 2018. Nos próximos dias, o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, deverá enviar uma nova denúncia contra Temer.

No dia 26 de junho, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao STF a denúncia contra Temer, com base na delação premiada de Joesley Batista, dono do grupo JBS. Foi a primeira vez que um presidente da República foi alvo de um pedido de investigação no exercício do mandato. Agora, o resultado da votação será comunicado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, à presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármem Lúcia. 

000

About Author