Print this page
Em seu 1º discurso na Câmara, Tiririca anuncia que abandonará a política "por vergonha"

Em seu 1º discurso na Câmara, Tiririca anuncia que abandonará a política "por vergonha" Featured

 

Depois de sete anos de mandato, o deputado Federal Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca (PR-SP), fez, nesta quarta-feira, 06/11), o seu primeiro e provável único discurso na tribuna da Câmara. E foi um discurso que calou o plenário. Tiririca, que foi eleito eleito pela primeira vez em 2010, com mais de um 1 milhão de votos, anunciou que está deixando a política por sentir vergonha de ser deputado no Brasil. Ele dise que não vai concorrer à reeleição. Emocionado, Tiririca disse estar decepcionado com o trabalho parlamentar no Congresso Nacional. No mês de agosto, o deputado e humorista já havia anunciado sua intenção de deixar a política.

 
 
“Subo nessa tribuna pela primeira vez e pela última vez. Não por morte. É porque estou abandonando vida pública. (…) Saio decepcionado mesmo”, declarou Tiririca. Ele afirmou que, após o segundo mandato, percebeu que “não dá para fazer muita coisa”. “Costumo dizer que parlamentar trabalha muito e produz pouco”, disse o deputado, elencando “mordomias” que parlamentares têm direito, como um salário líquido de R$ 23 mil. No final, Tiririca pediu que os deputados pensem mais nos brasileiros pobres.
 
Opinião - Renato Ferreira
 
Bem que outros políticos poderiam tomar a mesma atitude do Tiririca. Com certeza, não por vergonha de serem políticos, mas, pelo fato de já terem roubado muito do povo brasileiro.
000

About Author