Sábado, 23 Fevereiro 2019 | Login
 
Nesta quarta-feira, 13/02, o presidente Jair Bolsonaro recebeu alta médica e deixou o Hospital Albert Einstein, na capital paulista, às 12h20. Cerca de dez carros, acompanhados de batedores da Polícia do Exército e carros da Rota fizeram a segurança do presidente. Um helicóptero da Polícia Militar também auxiliou na segurança. O presidente foi para o Aeroporto de Congonhas de onde seguiu para Brasília, na companhia da primeira-dama, Michele Bolsonaro.
De acordo com o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, na Capital Federal o presidente deve ir direto para o Palácio da Alvorada e não há previsão de compromissos hoje à tarde.
Estável
Segundo o último boletim médico, de hoje (13), "ele recebeu alta com o quadro pulmonar normalizado, sem dor, afebril, com função intestinal restabelecida e dieta leve por via oral."
Ele segue uma dieta leve e com suplemento nutricional. Bolsonaro estava internado desde o dia 27 de janeiro, para a retirada da bolsa de colostomia e a reconstrução do trânsito intestinal.
Após os 17 dias de internação, o presidente passará por um período de descanso e, lentamente, vai retomar os compromissos, de acordo com a autoavaliação de seu bem-estar, informou o porta-voz. Bolsonaro será acompanhado pela equipe médica da Presidência, com enfermeiros e fisioterapeutas.
O porta-voz Rêgo Barros ainda desmentiu boatos postados nas redes sociais sobre a incidência de câncer, infecção hospitalar e outras complicações que não sejam normais no tipo de cirurgia a que Bolsonaro foi submetido. (Com Agência Brasil)
Published in Política


Segundo as investigações, Paulo Preto teria desviado R$ 7 milhões de obras do Rodoanel.

 

O Ministério Público de São Paulo pediu à Justiça uma pena de mais de 80 anos de prisão para Paulo Vieira de Souza, (Paulo Preto), ex-diretor da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), empresa responsável pelas rodovias do Estado. Ele é acusado de desviar R$ 7 milhões das obras do trecho sul do Rodoanel.

O ex-diretor da Dersa é apontado pelo MP como líder do esquema e acusado pelos crimes de peculato (desvio de recursos públicos), inserção de dados falsos em sistema de informação e formação de quadrilha.

Paulo Vieira de Souza e outras 4 pessoas são acusados no processo por irregularidades em obras do trecho sul do Rodoanel, do prolongamento da Avenida Jacu Pêssego e da Nova Marginal Tietê. As fraudes teriam sido cometidas de 2009 a 2011, durante os governos tucanos de José Serra e Geraldo Alckmin.

Paulo Preto foi diretor da Dersa de 2005 e 2010. Segundo o MP, ele está envolvido nos 3 fatos criminosos descritos na denúncia e, portanto, cometeu cada 1 dos delitos de que é acusado por 3 vezes.

Nas alegações finais, o MP também pediu a condenação de José Geraldo Casas Vilela, ex-chefe do departamento de assentamento da Dersa, e da filha de Souza, a psicanalista Tatiana Arana de Souza Cremonini.

Preso duas vezes, solto por Gilmar Mendes
Paulo Vieira de Souza foi preso e solto duas vezes em 2018. A 1ª prisão foi em 6 de abril, por ordem da Justiça Federal de São Paulo. Foi libertado por uma liminar (decisão provisória) do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes em 11 de maio.

O ex-diretor da Dersa foi preso novamente em 30 de maio por representar risco às investigações, em razão de suposta ameaça a testemunhas, segundo o MP. Foi solto no mesmo dia, novamente por Gilmar Mendes. (Portal Poder 360 - Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Published in Política

 

Terminou com êxito por volta das 15h30 desta segunda-feira, 28/01, a cirurgia de retirada da bolsa de colostomia e reconstrução do trânsito intestinal do presidente Jair Bolsonaro, no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. A informação foi dada pela assessoria de imprensa da Presidência da República.

Um boletim médico sobre o procedimento cirúrgico será divulgado tão logo seja autorizado pela equipe médica. Dentro de poucos minutos, haverá entrevista coletiva à imprensa com o porta-voz da Presidência da República, general Rêgo Barros, no Hospital Albert Einstein.

Bolsonaro deu entrada no hospital ontem (27) e a cirurgia começou logo de manhã.

Atentado
No dia 6 de setembro do ano passado, ao participar de um ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais, o então candidato à Presidência da República foi esfaqueado por Adélio Bispo de Oliveira. Com lesões nos intestinos delgado e grosso, Bolsonaro foi operado na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora e passou a usar uma bolsa de colostomia temporária. Transferido para São Paulo, ele foi novamente operado no dia 12 de setembro no Hospital Albert Einstein e ficou internado at éo dia 29, quando recebeu alta.

Passadas 48 horas da cirurgia, Bolsonaro voltará ao trabalho, ainda no hospital, onde deve ficar 10 dias em recuperação. O hospital organizou um espaço para o presidente despachar. (Agência Brasil).

Published in Política

É o quarto título do clube na competição de base mais tradicional do país.

O Tricolor do Morumbi é o campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019. O jogo foi realizado nesta sexta-feira, 25, no Pacaembu, dia do aniversário de 465 anos da cidade de São Paulo.

São Paulo campeão da Copinha 2

O Tricolor abriu o placar e chegou a fazer 2 a 0, placar que permaneceu até aos 29 minutos do segundo tempo. Só que o Vasco reagiu e empatou a partida levando a decisão para as penalidades, quando os paulistas levaram a melhor e venceram por 3 a 1, coroando uma campanha invicta na competição. O goleiro Thiago Couto brilhou com duas defesas.

Esse quarto título dos Meninos do Morumbi vem coroar o excelente trabalho que o Clube faz com todas as suas categorias de base no CT de Cotia. Neste ano, o Tricolor já conquistou outros títulos nas categorias do sub-20, como a Copa do Brasil e vai disputar a Copa Libertadores, com chances reais de conquistar também o título sul-americano.

No tempo normal, os gols do Tricolor foram marcados pelo artilheiro da Copinha, Gabriel Novaes, e por Antony. Já para o Vasco marcaram Lucas Santos e Tiago Reis. Na decisão por pênaltis, Ed Carlos, Morato e Turta marcaram, enquanto Marcos Júnior chutou para fora. E o título veio com o chute no travessão de Gabriel Norões, e com as defesas do goleiro Thiago Couto nos chutes de Tiago Reis e Riquelme. (Renato Ferreira)

Veja, aqui, o vídeo do último pênalti que deu a vitória ao Tricolor: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/2140830949340467?

Published in Esporte
Sexta, 25 Janeiro 2019 13:11

Parabéns São Paulo pelos seus 465 anos!

E para marcar esta data, a Prefeitura da Capital programou uma série de atividades gratuitamente para os paulistanos e turistas.

 

A maior cidade do Brasil, São Paulo, completa 465 anos nesta sexta-feira, 25 de janeiro. Nessa data foi fundado o colégio jesuíta que deu origem à metrópole.

São Paulo 465 3 museus

Atualmente, vivem nesta selva de pedra com milhares de arranhas-céus, 12,2 milhões de pessoas. E mais 21,6 milhões em toda a região metropolitana, uma das maiores do mundo.

É uma cidade que não dorme. São 24 horas de intenso vai e vai e vem de veículos, trens, metrô, ônibus, motos e bicicletas entre seus milhares de escritórios, comércios, indústrias, multinacionais, bares, boates, cafés, hotéis e restaurantes.

São Paulo 465 2 Paulista

Avenida Paulista, a principal e mais conhecida via pública de São Paulo

Há várias décadas, São Paulo é também o maior centro financeiro do país. Ela abriga brasileiros de todas as regiões, como também imigrantes de as partes do mundo. É também o principal centro em termos de tecnologia da medicina, com hospitais com atendimentos das mais diversas complexidade, com destaque para centros médicos, como o Hospital das Clínicas, Hospital do Coração, Sírio Libanês e Albert Einstein. Hoje, a cidade é administrada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), que sucedeu João Doria, eleito Governador do Estado. 

Decisão da Copinha

São Paulo x Vasco

Na área esportiva, uma das atrações do aniversário da Capital é a decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Neste ano, a decisão será entre o São Paulo e o Vasco da Gama, às 15h30, no Pacaembu.

A programação completa da Prefeitura pode ser conferida aqui: https://bit.ly/2WbZ25Y (Fonte: EBC)

Published in Cidade
Nas semifinais, o Tricolor goleou o Guarani, enquanto o Vasco da Gama derrotou o Corinthians nos pênaltis.
 
Nesta terça-feira, 22/01, São Paulo e Vasco venceram seus compromissos nas semifinais e agora vão disputar o título da principal competição sub 20 do país. O Tricolor vai atrás do seu quarto título. A final será realizada no Pacaembu, às 15h30 de sexta-feira, 25, dia do aniversário da cidade de São Paulo.
Jogando na Fonte Luminosa, em Araraquara, o São Paulo não teve dificuldades para vencer o Guarani por 5 a 2, pela semifinal da 50ª Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com a vitória, o Tricolor vai para a final da competição pela 11ª vez em sua história.
O clube paulista tem três títulos no torneio (1993, 2000 e 2010) e sete vices (1981, 1992, 1994, 2001, 2004, 2007 e 2018). A goleada tricolor foi construída com gols marcados por Antony (2), Fabinho (2) e Vitinho. Lucas Prado e Davó fizeram os gols da equipe de Campinas.
Vasco
Vasco
Os meninos do Vasco não se impressionaram com o grande apoio da torcida corintiana na Arena Barueri
 
Já na Arena Barueri, Corinthians e Vasco da Gama fizeram uma partida movimentadíssima que terminou com a vitória dos cariocas na decisão por pênaltis. Os meninos do Vasco não se impressionaram com o grande apoio da torcida corintiana e abriram o placar logo aos nove minutos com Tiago Reis. O Corinthians não havia ainda nem conseguido assimilar o gol, quando sofreu o segundo golpe. Aos 17 minutos, o zagueiro Mirana fez 2 a 0 para o Vasco.
Na segunda etapa, os vascaínos perderam a chance de liquidar o resultado com um pênalti desperdiçado logo aos sete minutos. Assim, o Timãozinho acordou e em empatou a partida com dois gols do centroavante Nathan. Na decisão por pênaltis, o Vasco errou apenas uma cobrança, contra dois erros dos paulistas e venceu por 4 a 3. (Renato Ferreira)

 
Published in Esporte
Modelo de PPP será adotado em quatro novas penitenciárias que já estão sendo construídas. Um dos modelos é o presídio de Ribeirão das Neves, em Minas Gerais.
 
Nesta sexta-feira, 18/01, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que vai privatizar os novos presídios construídos no estado com o modelo de parcerias público-privadas (PPPs).
De acordo com o governador paulista, a administração de quatro das 12 novas penitenciárias que já estão em fase de obras, será concedida à iniciativa privada em editais que devem ser lançados ainda neste ano. Outros três complexos penitenciários que estão previstos também devem entrar no modelo. As unidades que serão privatizadas não foram informadas durante o anúncio.
Segundo João Doria, o modelo PPP a ser adotado tem como referências o presídio da cidade de Ribeirão das Neves, em Minas Gerais, e também o sistema norte-americano. Estão previstas viagens de secretários tanto para Minas quanto para os EUA para reuniões de avaliações de formatos.
"Nós basearemos a gestão em critérios de qualidade, melhorando as condições do apenado, oferecendo parque fabril interno capaz de ressocializar o apenado com trabalho", afirmou o secretário de Administração Penitenciária, coronel Nivaldo Restivo.
A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) disse em nota que ainda é estudado "o modelo ou modelos de PPP que serão adotados".
Informação corrigida
Durante o anúncio para a imprensa, Doria chegou a dizer que todos os 171 presídios do estado seriam privatizados gradativamente ao longo da gestão, mas a informação foi corrigida posteriormente pelo vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia.
"Nós temos hoje 171 presídios em São Paulo funcionando com 230 mil presos. Esse sistema continua assim. As melhorias nesse sistema serão de obras complementares. Ele é estatal”, disse Garcia.
“Temos hoje 12 presídios em obras, dos quais oito já têm funcionários públicos concursados contratados. Não tem sentido racional desistimos disso. Os quatro que ainda não têm funcionários e qualquer outra decisão de novo presídio é que serão via PPP", acrescentou o secretário.
Cartão de crédito
O governador também anunciou que, a partir de agora, todos os pagamentos de impostos do estado poderão ser feitos por meio de cartão de crédito.
"O objetivo é facilitar a vida das pessoas, melhorar a funcionalidade, diminuir a burocracia e garantir o recebimento dos impostos. Vale para ICMS, IPVA e demais impostos", disse Doria. (G1)
Published in Política

Professores protestam contra projeto da Previdência. Suplicy abraça-se a uma mulher que estava sendo retirada por Guardas Municipais

 

Além do calor insuportável desta sexta-feira, 21/12, em São Paulo, o clima está também elevadíssimo no Plenário e nas galerias da Câmara Municipal da Capital. Os vereadores estão votando o SampaPrev, projeto enviado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), que trata de mudança na Previdência dos servidores municipais.

Há poucos minutos, professores revoltados com a proposta do Executivo tentaram falar, mas, como houve um grande tumulto, eles foram impedidos pela direção da Casa. O Projeto provoca também discussões entres situação e oposição.

Como o clima esquentou de vez, os guardas municipais foram chamados para retirar os mais exaltados do Plenário, como mostramos neste vídeo em primeira mão.

Em determinado momento, o vereador Eduardo Suplicy (PT) abraçou uma mulher e a retirou das mãos dos policiais. A suspensão da sessão chegou, inclusive, a ser proposta, mas, prosseguiu após os ânimos ficarem mais calmos.

Hoje, os vereadores paulistanos estão tentando aprovar o SampaPrev em primeira votação, para posteriormente, fazer a segunda e também aprovar o Orçamento de 2019, provavelmente no dia 26.

Entenda o SampaPrev

Alegando que há um rombo no orçamento de São Paulo, principalmente, para garantir as futuras aposentadorias, o então prefeito João Doria (PSDB), elaborou o Projeto SampaPrev para garantir recursos para a aposentadoria.

Assim, o Executivo paulistano propõem que todos os servidores passem a contribuir com no mínimo 14%, sendo que atualmente a alíquota é de 11%. Essa é a principal mudança no sistema de aposentaria e também que vem causando os protestos dos servidores municipais de São Paulo. Hoje a prefeitura tem a obrigação de contribuir com 22%, o dobro da contribuição dos servidores. (Renato Ferreira)

Published in Política
Segundo o Prefeito Bruno Covas (PSDB), após término de macaqueamento, hipótese de demolição 'foi 100% descartada'. Circulação de trens em trecho da Linha-9 Esmeralda é liberada.
 
"Já descartamos a hipótese de demolir o viaduto", diz prefeito de São Paulo
A Prefeitura de São Paulo ergueu em 1,60 metro o viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros, na Zona Oeste da cidade, e concluiu o processo de elevação da estrutura.
Os trabalhos de macaqueamento começaram na manhã de sábado (1°). O encerramento foi anunciado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) por volta das 15h deste domingo (2). A Prefeitura acredita que, após essa etapa, em 15 dias será possível definir o cronograma da obra de recuperação.
Bruno Covas
 
"Concluímos 100% do macaqueamento. Agora vamos poder ter, em duas semanas, a noção clara de qual vai ser a obra necessária, e ter um prazo para dar às pessoas", afirmou Covas. "Hoje a gente descarta 100% a hipótese de demolir o viaduto", complementou o prefeito.
Segundo Covas, a velocidade dos trabalhos superou as previsões da gestão municipal. A expectativa inicial era começar a fase de testes do macaqueamento no sábado. O bom andamento do processo, porém, permitiu que a elevação fosse encerrada na tarde deste domingo.
"Ocorreu tão bem o teste que hoje mesmo ele já foi concluído. Estamos hoje no 18° dia fazendo aquilo que a gente esperava fazer entre o 25° e o 30° dia depois do incidente. Isso porque só nessas últimas 12 horas foram 2 mil homens/hora trabalhando aqui para poder entregar isso", disse Covas.
O viaduto, localizado em frente ao Parque Villa-Lobos, cedeu na madrugada do dia 15 de novembro. Cinco carros passavam pelo local no momento do incidente. Os veículos foram danificados e duas pessoas ficaram levemente feridas.
Macaqueamento
Seis macacos hidráulicos foram acionados pela primeira vez por volta das 9h deste sábado. Os engenheiros calculam que o viaduto que cedeu estava recebendo uma carga de 550 toneladas e essa pressão foi aliviada quase pela metade com o apoio dos macacos hidráulicos.
Cada macaco tem capacidade para erguer 300 toneladas. Eles foram instalados sobre o trecho do viaduto que está apoiado em dez estacas. (G1)
Published in Cidade
Queda da aeronave ocorreu perto do Aeroporto Campo de Marte, em região residencial. Houve ao menos duas mortes e 12 feridos.
Uma aeronave caiu na tarde desta sexta-feira, 30/11, na região de Santana, Zona Norte de São Paulo. O acidente causou a morte de duas pessoas - piloto e copiloto - segundo o Corpo de Bombeiros. Houve também 12 pessoas feridas..
O avião é um monomotor Cessna C-210, prefixo PR-JEE, não tem caixa-preta e é um dos modelos que mais se acidentam no Brasil. A aeronave caiu na rua Antonio Nascimento Moura, área residencial perto do Aeroporto Campo de Marte, após decolar em direção a Jundiaí. O Campo de Marte opera voos executivos e precisou ficar fechado logo após o acidente.
 aviao cai em sao paulo 2
Além das casas, veículos que estavam na rua onde a aeronave caiu também foram atingidos. O fogo chegou a se alastrar pelo asfato, após vazar combustível pela rua.
O chamado para o resgate foi recebido às 15h58. Informações preliminares indicavam que parte dos feridos que estavam sendo atendidos teve queimaduras leves.
Duas mortes
De acordo com o tenente André Elias, do Corpo de Bombeiros, por volta de 17h não havia ainda informações sobre quantas pessoas estavam na aeronave, mas os dois corpos foram retirados dos destroços.
Das outras 12 vítimas, seis eram pessoas que estavam na rua e foram atingidas por objetos ou destroços do avião no momento da queda. Os outros feridos eram moradores que estavam dentro das casas atingidas
"As vítimas [feridos] foram socorridas conscientes, orientadas, saíram andando das casas. Infelizmente, dois corpos foram retirados da aeronave", afirmou o tenente dos bombeiros.
Os dois mortos nesse acidente aéreo são Guilherme Murback e Leonardo Yamamura. Eles eram piloto e copiloto da aeronave. A mãe de um deles chegou a passar mal e foi socorrida no local, ao receber a notícia.
Casas e carros atingidos
Queda de avião
 Ao menos três casas foram atingidas, sendo uma delas um sobrado. Houve fogo no local e foram enviadas 16 viaturas e 56 bombeiros para o resgate.
 A fumaça podia ser vista de longe, mas por volta de 16h20 o fogo já estava parcialmente controlado. A área atingida foi isolada, e os bombeiros encerraram os trabalhos de busca por vítimas por volta de 18h15.
 Ainda nesta sexta-feira, investigadores do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), iniciaram o processo de investigação do acidente, em busca da coleta de dados por meio da fotografia de cenas, retiradas de partes da aeronave para análise, coleta de documentos e oitiva de testemunhas. A investigação tem como objetivo evitar novos acidentes do tipo.
Outros acidentes
Este foi o quarto acidente envolvendo aeronaves registrado na região do Campo de Marte nos últimos onze anos.
Em julho, um bimotor caiu durante o pouso e explodiu assim que bateu na pista. O voo havia decolado da cidade catarinense de Videira, com seis passageiros e um tripulante. O piloto da aeronave morreu no acidente e outras seis pessoas ficaram feridas.(Renato Ferreira com informações do G1 e JOvem Pan)
Published in Geral
Página 1 de 3

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.