Quinta, 18 Janeiro 2018 | Login

"Em minha opinião, muito mais do que defesa de minorias, o que está havendo atualmente no Brasil é um excesso de chatice e de censura esquerdista"

 

Por Renato Ferreira

O carnaval de 2017 já está a todo vapor no Brasil. E, há varios dias, mesmo antes do desfile das famosas escolas de samba, os blocos pré carnalescos já invadiram as ruas do país e vão tocar até muito depois da Quarta-Feira de Cinzas, sobretudo, em cidades do Nordeste, como Salvador, Recife e outras.

Mas, em 2017, um novo bloco entrou na avenida. São os "politicamente corretos", pessoas que se dizem de esquerda e progressistas, que querem banir marchinas tradicionais, que há muitas décadas embalam o carnaval dos brasileiros, seja nas ruas ou em salões de norte a sul do país.

Com certeza, mais de 90% dos brasileiros já ouviram, cantaram ou dançaram ao som de marchinhas, como "Olha a Cabeleira do Zezé", "Maria Sapatão" e "Mulata Bossa Nova", como tantas outras. Só que neste ano, os "polticamente corretos" querem proibir essas músicas no carnaval. Para eles, elas são preconceituosas e homofóbicas. Mas, será que são mesmo? Ou isso não passa de chatice ao extremo?

A decisão de alguns blocos de não tocar versos considerados machistas, racistas e homofóbicos é bastante polêmica e divide opiniões. Há quem diga que os versos “o teu cabelo não nega, mulata/porque és mulata na cor/ mas como a cor não pega, mulata/ mulata, eu quero o teu amor” são racistas e, por isso, não devem ser mais executados. Por outro lado, muita gente acredita que as marchinhas são marcas de um tempo e, portanto, não devem ser banidas, pois, elas, são até uma forma de relembrar como a sociedade já pensou um dia.

Essa é a posição, por exemplo, defendida pelo cantor e compositor mineiro Matheus Brant, um dos idealizadores do Me Beija Que Eu Sou Pagodeiro. Matheus até acha que algumas marchinhas podem ser preconceituosas e denfende a prática de se fazer paródias delas. "Temos também que ficar mais atentos á diversidade",

Mineira, a intérprete Corina Magalhães gravou "Ai que saudades da Amélia", de Mário Lago e Ataulfo Alves, no álbum Tem mineira no samba. A música foi considerada, por alguns blocos cariocas, inadequada para rodas de samba no Rio, mas Corina não vê problema. “Amélia nasceu de uma brincadeira. O irmão da Aracy de Almeida falava da Amélia, que era uma empregada que lavava e passava para ele”, conta. Para ela, essa canção não tinha o propósito de desmerecer as mulheres e falava de uma Amélia que de fato existiu.

“Sou intérprete e gosto de trazer para o meu repertório músicas antigas.” Corina diz que nunca recebeu críticas ao executar esse samba: “As pessoas adoram. Todo mundo canta.”

Contradições

Já ouvi várias vezes que a expressão "a coisa aqui tá preta" seria racista. Mas, ao mesmo tempo, já ouvi também que é preconceituso dizer "Ovelha negra da família". Quem está certo ou quê está certo? Tudo isso não seria excesso de preciosismo e até mesmo muita hipocrisia de que defende o políticamente correto?

Dá mesma forma, a gente não vê essas pessoas ligadas a partidos políticos de esquerda criticarem,por exemplo, a belíssima e rica música "Meu caro amigo", de Chico Buarque, que repete em todos os versos o refrão: "Mas, o que eu quero lhe dizer é que a coisa aqui tá PRETA...". Ou será que daqui a pouco, algum progressista vai dizer ao Chico que ele terá que mudar isso para: "eu quero lhe dizer que a coisa aqui tá AFRO DESCENDENTE?

Há uns quinze dias, o narrador do Esporte Interativo, André Henning, sofreu uma saraivada de críticas e foi chamado de "racista".  No jogo entre Real Madrid e Napoli pela Liga dos Campeões, quando o senegalês Kalidou Koulibaly afastou uma bola de cabeça, ele descreveu: "meteu a cabeça preta na bola branca, o Koulibaly". Houve também quem o defendesse, mas, o narrador recebeu muitas críticas. Hoje, é até perigoso você pedir azeitons pretas num restaurante e ser chamado de racista. Será que precisamos chegar a tanto?

Também ainda não vimos nenhuma crítica contra essa moderna e pobre música: "Meu pau te ama". Outro dia, um pai ainda jovem, me disse que não sabia o que responder para a sua filhinha de nove anos, que lhe perguntou sobre o que quer dizer esse verso.

Patrulha e censura

Mas, voltando às marchinhas tradicionais, será que o bloco dos politicamente corretos, pensa que proibindo a execução dessas músicas no carnaval, eles vão proibir também as pessoas de ouvirem a "Cabeleira do Zezé" dentro de casa ou em seus carros?. Ou será que em breve algum deputado de esquerda vá apresentar um projeto proibindo isso também, como fazia os militares na ditadura?

Sou totalmente contra a qualquer tipo de preconceito, mas, em minha opinião, muito mais do que defesa de minorias, o que está havendo atualmente no Brasil é um excesso de chatice e de censura esquerdista. E pra mim, nenhuma ditatura presta, nem a militar e nem a civil. (Renato Ferreira, com informações do site UAI)

 

A maior festa popular do Brasil - o Carnaval - começa nesta sexta-feira (24/02), em São Paulo. Os desfiles do Grupo Especial de São Paulo começam com a apresentação de sete escolas de samba no Sambódromo do Anhembi, na Zona Norte da capital paulista. A Rede Globo  e o G1 transmitem ao vivo. Os portões serão abertos, daqui a pouco, às 19h e os desfiles começam às 23h15. Chove bastante, agora à noite, em São Paulo, e isso provavelmente deverá atrapalhar o desfile dos foliões como também a presença de público no Sambódromo.

Carnaval 2017 em sp 2

Conforme a programação, a Tom Maior será a primeira escola a desfilar. Em seguida se apresentam Mocidade Alegre, Unidos de Vila Maria, Acadêmicos do Tatuapé, Gaviões da Fiel, Acadêmicos do Tucuruvi e Águia de Ouro. No sábado (25), outras sete escolas vão desfilar no Anhembi.

Entre os enredos que serão apresentados nesta sexta, destqeue para homenagens à cantora Elba Ramalho (Tom Maior), aos 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida (Vila Maria) e à própria escola de samba (Mocidade Alegre). Tem ainda declaração de amor à África (Tatuapé), aos migrantes de São Paulo (Gaviões), aos artistas de rua (Tucuruvi) e aos animais de estimação (Águia).

Estes são os quesitos usados pelos jurados para julgamento das escolas no desfile: bateria, harmonia, evolução, samba enredo, mestre-sala e porta-bandeira, comissão de frente, alegoria, enredo e fantasia. Este ano, pela primeira vez, serão 36 jurados que vão julgar o carnaval de São Paulo. (Fonte: G1)

 "Diante do que vemos hoje no Brasil, o melhor para todos seria o voto faxina nas próximas eleições", disse o palestrante, dr. Luiz Flávio Gomes.
Na noite de quarta-feira (22/02), a Subseção da OAB/Osasco, presidida pela dra. Libânia, promoveu uma palestra para discutir a Operação Lava jato, que investiga irregularidades e corrupção na Petrobras. O palestrante foi o conhecido jurista, dr. Luiz Flávio Gomes, que falou sobre o tema: LAVA-JATO: O ESTADO DE DIREITO E O FUTURO DO BRASIL.
 OAB Osasco Lava Jato
Diante de um bom público, apesar da forte chuva na tarde e noite de quarta-feira, o palestrante focou sua abordagem na atuação do judiciário, em primeiro grau e no Supremo Tribunal Federal (STF), nos resultados advindos até o momento e nas delações premiadas. Ele fez também uma projeção sobre qual poderá ser reação da população diante de tudo isso nas próximas eleições.
Em suas considerações finais, o dr. Luiz Flávio afirmou que todos os brasileiros terão apenas três tipos de voto: o de faxina (que, trará novos nomes para a política); o de seretonina (que, por gratidão, trará velhos nomes, embora não ideais); e o de indignação (que, poderá eleger pessoas não qualificadas para o cargo).
Como exemplo, o palestrante citou as eleições dos Estados Unidos), destacando as consequências de todos os votos para o Brasil. E finalizou: "O melhor para todos seria o voto faxina".
"Não imagino outra forma de tratarmos o bem público que não seja com total transparência e absoluta fiscalização. A OAB, historicamente, se debruçou para discutir a defesa da sociedade e mais uma vez nos colocamos nesta posição", afirmou a dra. Libânia.

Foram contempladas as duas áreas que mais carecem de profissionais nesse início da nova administração

 

Na tarde desta quinta-feira (23), a Prefeitura de Itapevi empossou oficialmente 71 novos servidores públicos municipais nas áreas da Educação e da Saúde. O evento aconteceu na Secretaria de Educação e Cultura e contou com a presença do prefeito Igor Soares.

Tomaram posse do cargo 50 professores de ensino básico e fundamental, 17 técnicos de enfermagem, dois analistas executivos da área de suporte e tecnologia, um auxiliar de saúde bucal e um técnico de educação de vulnerabilidade social. Os novos servidores tomam posse de concursos realizados nos anos de 2015 e 2016. São editais com prazo de um ano, prorrogáveis para mais um.

“Peço para que todos trabalhem com muito afinco e comprometimento, porque a população precisa de serviços de qualidade, necessita de respeito e quer uma cidade desenvolvida e próspera", disse o prefeito Igor Soares. "Desejo muita sorte, sucesso e dedicação nesta nova trajetória de cada servidor", afirmou.

O secretário da pasta de Administração, Rogério de Oliveira, deu as boas vindas a todos e disse ser um grande desafio da gestão contratar em período de crise e recessão no país. "Tomamos como prioridade a Educação e a Saúde, que são fundamentais para a população e decidimos convocar para atender as necessidades da cidade", afirmou.

"Nossa população estava esquecida e abandonada, mas a posse de um concurso serve para demonstrar a valorização profissional e a visão administrativa do governo ágil e eficiente", afirmou a técnica de enfermagem empossada, Erivânia Silva Ventura, moradora do Jardim Cardoso. "Ficarei muito feliz em atender com carinho e humanização os moradores da minha cidade", revela.

"Quando vemos a preocupação em acelerar as contratações, percebemos que a administração está ciente de que precisa atender a demanda na área e para nós servidores é muito relevante termos melhores condições de trabalho", disse Vinicius Augusto Silva Godinho, empossado como professor de Educação Básica I. "Estamos preparados para levar um ensino de qualidade e que atenda as expectativas da população", afirmou. (Fonte: SECOM/Itapevi - Fotos: Divulgação)

 

Como parte das comemorações dos 55 anos de Osasco, Banda Sinfônica do Conservatório Villa Lobos da FITO apresentou, na noite de quarta-feira, 22, o espetáculo “A Magia do Cinema: Marvel e Cia”, que constitui uma coletânea de trilhas sonoras de filmes apreciados pelas crianças e adolescentes, tais como: Piratas do Caribe, Homem de Ferro, Harry Potter, Capitão América, Os Guardiões da Galáxia, James Bond – agente especial 007, Os Vingadores, entre outros.

 

Regida pelo Maestro Ederlei Lirussi, a apresentação foi o presente do Conservatório para Osasco pela passagem do aniversário da cidade. Na plateia, o prefeito de Osasco, acompanhado da primeira-dama Aline Soares Lins, e das filhas Beatriz e Fernanda, curtiu o presente com entusiasmo. “Fico feliz e honrado por poder prestigiar a apresentação de uma Banda Sinfônica puramente nossa, criada aqui na Fito.  Estudei na Fito quando ainda era um menino, e essa instituição faz parte da história da nossa cidade. Por isso, vou trabalhar incansavelmente, junto com o professor José Carlos Pedroso, presidente, para revitalizar esse colégio que é tão querido pelos osasquenses. Deixo aqui meu agradecimento especial por esse presente que o conservatório preparou para a cidade, em comemoração do aniversário de Osasco”, disse. (Texto: Patrícia Bulbovas - Fotos: Italo Cardoso - Agência Secom)

 No Morumbi, o São Paulo venceu mais uma com dois gols de Prato, enquanto o Santos empatou a terceira partida consecutiva.

 

Em partida tumultuada pela arbitragem, o Corinthians venceu o Palmeiras, no 100º ano do Dérbi, nesta quarta-feira (22/02), na Arena Itaquera, e complicou a vida de Eduardo Batista como treinador do rival. O jogo foi válido pela quinta rodada do Paulistão 2017. Ainda no primeiro tempo, o árbitro Thiago Duarte Peixoto estragou o jogo. Já no finalzinho da etapa inicial, o árbitro, que já se envolveu em polêmicas anteriores, deu o segundo cartão amarelo e expulsou o jogador Gabriel do Corinthians. Foi um lance polêmico quando Maicon puxou a camisa de Kenon, que ainda sofreu um carrinho violento de outro corintiano. Mas, o ábitro se confundiu e não quis voltar atrás, confirmando a expulsão.

Só que mesmo com um jogador a menos, o Corinthians se superou, enquanto o Palmeiras não se aproveitou da vantagem numérica. E coube ao veterano Jô, que foi formado no terrão do Timão, mudar a história da partida. Ele saiu do banco para marcar o único gol do jogo e fazer o Itaquerão tremer. E, se a vitória corintiana serviu para tranquilizar o técnico Fábio Carille, o mesmo não se pode falar de Eduardo Batista que, com a derrota, com certeza, vai enfrentar problemas ainda maiores à frente do Palmeiras.

Com a vitória, o time do Parque São Jorge confirma e amplia sua vantagem como líder do Grupo A do Paulistão, agora,com 12 pontos. Por outro lado, o Palmeiras,  mesmo derrotado no clássico, continua liderando o Grupo C, com nove pontos. 

São Paulo vence mais uma

São Paulo vence o São Bento

Jogando no Morumbi, na terça-feira (21/02), o São Paulo venceu mais uma partida pelo Paulistão, depois  de uma estreia desastrosa, quando perdeu do Audax por 4 a 2 em Osasco. E Lucas Pratto, maior contratação do São Paulo para a temporada, brilhou mais uma vez. O argentino marcou dois gols na vitória de de 3 a 2, de virada, sobre o São Bento de Sorocaba. O resultado manteve o Tricolor na ponta do Grupo B.

Santos só empata

Santos e Ituano

E quem não está bem neste início do Campeonato Paulista é o Santos, que nos últimos anos dominou a competição. Jogando em Itú, também na terça-feira, o time praiano apenas empatou por 0 a 0 com o Ituano, resultado que preocupa a torcida santista. Foi o terceiro jogo sem vitória da equipe de Dorival Junior. E se a primeira fase terminasse hoje, o Santos estaria desclafissicado no Grupo D, com apenas 7 pontos. (Renato Ferreira)

 

Resultados da quinta rodada

São Paulo 3×2 São Bento

Ituano 0x0 Santos

Red Bull Brasil 5×1 Novorizontino

São Bernardo 0x1 Mirassol

Linense 2×2 Ponte Preta

Ferroviária 1×1 Santo André

Botafogo 3×1 Osasco Audax

Corinthians 1×0 Palmeiras

 

Sexta rodada será no sábado de Carnaval

Santo André

  x  
25/02/2017 10:00

Linense

Palmeiras

  x  
25/02/2017 16:30

Ferroviária

São Bento

  x  
25/02/2017 17:00

Red Bull Brasil

Santos

  x  
25/02/2017 17:00

Botafogo

Osasco Audax

  x  
25/02/2017 17:00

Ituano

Novorizontino

  x  
25/02/2017 19:30

São Paulo

Mirassol

  x  
25/02/2017 19:30

Corinthians

Ponte Preta

  x  
25/02/2017 19:30

São Bernardo

 

Se até ontem à tarde, o Presidente da República, Michel Temer, enfrentava uma polêmica para indicar o novo ministro da Justiça, que fosse um nome de consenso entre os partidos que o apoiam, na noite desta quarta-feira (22/02), ele ganhou mais um problema: escolher outro ministro das Relações Exteriores, para substituir José Serra, que pediu demissão alegando problemas de saúde.  Serra esteve no Palácio do Planalto, à noite, para entregar seu pedido de exoneração a Temer. O novo ministro da Justiça vai substituir Alexandre de Moraes, indicado para o Supremo Tribunal Federal.

O chanceler informou que está passando por tratamentos médicos que o impedem de fazer as viagens internacionais necessárias para o cargo.

No documento, Serra diz estar triste com a decisão e promete trabalhar em prol do governo ao reassumir seu mandato de senador por São Paulo. De acordo com ele, o período de recuperação é de pelo menos quatro meses.

 

PMDB x PMDB

Por mais que os parlamentares neguem, é notório que existe uma disputa entre PMDB e PSDB, os dois principais partidos da base governista, tanto no Senado como na Câmara dos Deputados. E tanto o Ministério da Justiça, como o das Relações Exteriores eram ocupados por tucanos, fato que gera ciúme na cúpula peemedemista. E, certamente, os tucanos não vão abrir mão das duas importantes Pastas.

E para não perder tempo, José Serra já marcou reunião com o senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, para tratar da sucessão no Itamaraty, pretensão também do PMDB. Portanto, Mechel Temer, terá agora que encontrar dois nomes que sejam de consenso e que não aumentem a temperatura no Congresso Nacional, principalmente, nersses tempos de investigações e delações cada vez mais quentes na Operação Lava Jato. Serra teve também o seu nome mencionado por um doleiro nas investigações. (Renato Ferreira)


Leia a íntegra da carta de demissão do ministro José Serra:

“Senhor presidente,

Pela presente, venho solicitar minha exoneração do cargo de Ministro de Estado das Relações Exteriores.

Faço-o com tristeza mas em razão de problemas de saúde que são do conhecimento de Vossa Excelência, os quais me impedem de manter o ritmo de viagens internacionais inerentes à função de Chanceler. Isto sem mencionar as dificuldades para o trabalho do dia a dia. Segundo os médicos, o tempo para restabelecimento adequado é de pelo menos quatro meses.

Para mim, foi motivo de orgulho integrar sua equipe. No Congresso, honrarei o meu mandato de senador trabalhando pela aprovação de projetos que visem à recuperação da economia, ao desenvolvimento social e à consolidação democrática no Brasil.

Respeitosamente, José Serra”

 

Depois da longa sabatina de ontem na Comissão de Constituição e Justiça, nesta quarta-feira (21/02),  o ex-ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, indicado do presidente Michel Temer (PMDB) ao Supremo Tribunal Federal (STF), teve o seu nome aprovado pelo plenário do Senado e, assim, vira ministro da Suprema Corte de Justiça do país. Ele vai ocupar a vaga deixada por Teori Zavascki, que morreu em acidente de avião no mês de janeiro.

Em votação secreta, os senadores aprovaram o nome de Alexandre de Moraes  por 55 votos a 13. Não houve abstenção e o quorum foi de 68 presentes. Agora, à presidente do STF, ministra Carmen Lúcia, marcar a posse do novo titular da Corte.

Ao chegar ao Senado, na manhã de hoje, o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE) avisou que a sessão seria rápida e que não haveria espaço para discussão nem encaminhamentos. A sessão começou com menos da metade dos 81 senadores presentes. “Votação secreta não cabe discussão. Nem encaminhamento aberto de líderes", afirmou Eunício. Para ter seu nome aprovado, o ex-ministro da Justiça precisava do voto de pelo menos, 41 dos 81 senadores. 

 

Prós e contra

Enquanto a oposição critica a indicação de Alexandre de Moares, principalmente, por ele ter sido ministro de Temer e também ter sido filiado ao PSDB, os governistas defendem o novo ministro e lembram que os governos petistas, como Lula e Dilma, também indicaram ex-membros de seus governos para a Suprema Corte.

Dentre os indicados pelos govenos petistas, destacam-se os ministros Ricardo Lewandowski que, segundo consta, foi advogado do Partido dos Trabalhadores e da CUT em São Paulo, e Dias Tofoli que, além de sua ligação com o PT, era Advogado-Geral da União quando foi indicado para o Supremo Tribunal Federal. (Renato Ferreira - Fonte: Estado de Minas)

 

Na noite desta terça-feira (21/02) a equipe do Vôlei Hinode Barueri, comandada pelo técnico José Roberto Guimarães, venceu mais uma partida, continua invicta e se classificou antecipadamente para a segunda fase da Superliga B de Vôlei Feminino. Desta vez, a vitória das garotas de Barueri foi em cima da equipe do São Bernardo do Campo por três sets a zero, com parciais de 25/23, 25/13 e 25/09.

E o jogo no Ginásio de Esportes José Corrêa teve uma torcida muito especial. A Secretaria de Esportes, sob o comando de Tom Moisés,  preparou uma recepção com lanche e convidou o palhaço Costelinha para receber a torcida das crianças da APAE e seus familiares. E, claro, a garotada adorou ver o jogo ainda mais com a quinta vitória consecutiva do Hinode Barueri. 

 

O jogo

Hinode Barueri 3

O São Bernardo chegou em Barueri com terceiro colocado na classificação e, assim, todos esperavam um jogo bem mais difícil do que, realmente, foi. Na verdade, foi somente no primeiro set que o time do ABC apresentou alguma resistência ao time da casa, comandado pelas ponteiras Érika e Suelle. No final da primeira parcial, as baruerienses venceram por 25 a 23. 

No segundo e no terceiro set, o time de José Roberto Guimarães não teve dificuldades para vencer, respectivamente, por 25 a 13 e 25 a 9. Com mais esta vitória, a equipe de Barueri chegou aos 15 pontos e, assim, se classificou antecipadamente para as semifinais. Na última partida da primeira fase, o Hinode vai enfrentar o Clube Curitibano, que já não tem mais chances de classificação. (Renato Ferreira)

 

7ª e última rodada da primeira fase
4 de março
18h Clube Curitibano x GRB Vôlei
20h Brusque x São José dos Pinhais
5 de março
17h São Bernardo x Bradesco Osasco

 

Classificação (antes do término da 6ª rodada)
1 GRB Vôlei 15 pontos
2 Bradesco Osasco 9
3 São Bernardo 7
4 São José dos Pinhais 6
5 Brusque 5
6 Chapecó 5
7 Clube Curitibano 3

 

O município teve o menor índice de violência entre os anos de 2015 e 2016

 

Santana de Parnaíba se manteve pelo 3º ano consectivo como a cidade mais segura da região metropolitana de São Paulo, apresentando os menores índices em relação à segurança. Os últimos dados foram divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo.


O ranking de incidência criminal, que é medido a cada 100 mil habitantes, mostra que o município, localizado na região Oeste da Grande São Paulo, se manteve à frente de municípios como Cotia e Barueri na região.

Santana de Parnaiba estatística
O fato do município se consolidar como o mais seguro há tês anos mostra o trabalho que vem sendo desenvolvido principalmente pela Guarda Municipal Comunitária (GMC), com as ações planejadas de patrulhamento que são feitas de  acordo com as características de cada bairro, interação da GMC com a comunidade e investimentos para evitar a criminalidade. 


A Guarda está sob um novo comando, desde 01 de agosto de 2016. O Inspetor Antônio Zinczynszyn que já fazia parte da corporação há mais de 17 anos, assumiu o posto em substituição ao ex-comandante Rinaldo Albuquerque, que assumiu o cargo de Secretário de Segurança Pública de Santana de Parnaíba. 


Para continuar atingindo bons indicies o Comandante Antônio falou sobre algumas ações que serão realizadas durante o ano de 2017. “Além de continuar contando com o empenho e dedicação da nossa tropa, vamos aplicar estratégias adequadas, privilegiando a estatística criminal. Também estamos monitorando as incidências, a fim de descobrir o máximo de locais de demanda, além das nossas ações incisivas, como operações com bloqueios, blitz, e outras estratégias que fizerem necessárias, para garantir a segurança da população”, afirmou. (Texto: Cíntia Almeida - Fotos: Linda Marinho - Sec.de Comunicação)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.